1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Comercial alemão viraliza ao apelar para os sentimentos

Solidão, filhos ingratos, período natalino. Com esses elementos, propaganda de cadeia de supermercados se torna viral. Comovente ou apelativa? Nas redes sociais, as opiniões se dividem.

A maior cadeia de supermercados da Alemanha, Edeka, não é conhecida internacionalmente, o que não impede que no momento ela esteja no foco da atenção global. A causa é seu comercial natalino divulgado nesta semana e que logo viralizou na internet.

Até a noite desta terça-feira (01/12), mais de 11 milhões de pessoas já haviam assistido ao clip na plataforma YouTube. As hashtags #Edeka e #heimkommen (chegar em casa) circulam nas mídias sociais.

Na tradição dos lacrimogêneos spots de publicidade de outras cadeias de supermercado, o do Edeka apela para os sentimentos – e apela forte. Ele começa com um idoso chegando em casa com as compras, a tempo de escutar o recado que a filha deixou na secretária eletrônica.

Ela diz que não vai conseguir estar com ele no Natal desta vez, mas que com certeza estará no ano seguinte. Uma série de tomadas mostrando o senhor fazendo a ceia natalina sozinho sugere ser improvável que a filha realmente cumpra a promessa.

Então, o ancião engendra um plano para reunir todos os filhos na festa natalina. Só que sua estratégia é um tanto macabra. Apesar disso, a publicidade teve boa ressonância nas redes.

"Simplesmente assista. Você vai chorar", escreveu o usuário Henrik Jacobsen no Twitter.

"Spot de Natal alemão faz todo o mundo pensar", diz o tweet de Arno Brosi.

"Minhas lágrimas aprovam o novo comercial de Natal do Edeka. Eles estão indo por um caminho de conteúdo interessante. Bravo!", postou Maike Buck.

Nem todos reagiram tão positivamente. Muitos não sabiam que opinião ter, outros acharam o tom exagerado. Um usuário do Twitter falou de "terapia de choque, das melhores".

"Não estou certa se é para rir ou para chorar. Clássico", escreveu uma usuária.

"Será que eu sou a única que não acha aquele reclame de Natal do supermercado alemão emocional e comovente? Ele é chantagem emocional e tóxico", repercutiu outra internauta.

Apesar das críticas, a grande maioria das reações ao vídeo está sendo positiva – numa proporção de quase 50 para um entre "curtir" e "não curtir" no YouTube. Muitos conseguem se relacionar com a temática da solidão, numa época de festas em que se espera estar reunido com a família e os amigos.

O supermercado não é o único a levantar a bandeira dos sozinhos e abandonados. A cadeia de móveis sueca Ikea lançou na Alemanha uma plataforma online em que as pessoas podem se registrar como "anfitriões" ou "convidados". A meta é reunir grupos de desconhecidos para refeições durante a época natalina.

Gente que, de outra forma, estaria ceando sozinha – como o velhinho na propaganda do Edeka.

Leia mais