1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Comediante diz ter produzido gesto obsceno de Varoufakis

Humorista causa confusão ao afirmar ter falsificado vídeo em que ministro das Finanças grego aparece mostrando o dedo médio para a Alemanha. Alegada adulteração, entretanto, seria uma piada.

Um comediante alemão afirmou ter produzido, através de truques de animação computadorizada, o gesto obsceno que o ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis, aparece fazendo durante uma palestra realizada em 2013, quando ainda era professor universitário.

As imagens, divulgadas no fim de semana, provocaram controvérsia, alimentando a tensão entre Alemanha e Grécia. Mas a emissora do comediante, ZDF, divulgou nesta quinta-feira (19/03), pelo Twitter, uma mensagem que pode ser entendida como um sutil desmentido da suposta falsificação.

Jan Böhmermann, apresentador do satírico Neo Magazin Royale, explicou, num vídeo divulgado na noite desta quarta-feira que sua equipe teria manipulado as imagens.

"Respirem fundo, peguem uma cadeira, sentem-se, vocês têm agora que ser muito fortes", diz, sarcástico, o comediante, em direção ao programa dominical de Günther Jauch – assistido por mais de 5 milhões de pessoas, e que revelou o vídeo do ministro grego –, antes de afirmar que o colega da rede pública ARD teria sido vítima de uma brincadeira.

Duas versões

Segundo o comediante, o gesto obsceno foi inserido por sua equipe em um vídeo da palestra de Varoufakis realizada em 2013 num festival em Zagreb. Na gravação, Varoufakis afirma que, em 2010, a Grécia deveria ter declarado moratória e "mostrado o dedo" para a Alemanha, esticando o dedo médio. Entretanto, o ministro afirmou jamais ter feito tal gesto.

Böhmermann mostra duas versões da mesma passagem, uma em que o gesto aparece e outra em que, no mesmo momento, Varoufakis mantém a mão rente ao corpo, sem mostrar o dedo médio. Seu programa, mostra, então, como sua equipe teria manipulado as imagens, com ajuda de técnicas de animação por computador e chroma key.

O vídeo controverso havia sido divulgado domingo à noite no programa de debate político de grande audiência na Alemanha, do qual participava, por videoconferência, o ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis. Ao ser confrontado com as imagens pelo apresentador Günther Jauch, Varoufakis disse se tratar de uma montagem e que ele não teria mostrado o dedo médio a seus espectadores, como aparece.

Blogueiro desmente comediante

Jan Böhmermann

Böhmermann: comediante diz que vídeo é montagem

A produção do programa de debate político de Jauch emitiu um comunicado atestando a veracidade do vídeo e garantindo que não foi encontrado sinal algum de manipulação, segundo "vários especialistas".

A própria ZDF, para qual Böhmermann trabalha, afirma nesta quinta-feira, pelo Twitter, que cogita colocar o aviso "cuidado, sátira!" em todas as transmissões futuras do programa do comediante, o que pode ser entendido como um reconhecimento de que a suposta manipulação não passa de uma piada.

A afirmação de Böhmermann também é refutada por um blogueiro alemão, no site massengeschmak.tv, que encontra indícios de que o comediante, na verdade, retirou o gesto obsceno do vídeo original, para forjar uma suposta manipulação de imagens, que comprovaria a tese defendida pelo ministro das Finanças grego.

O site do jornal britânico The Guardian mostra uma entrevista com Martin Beros, que afirma ser um dos responsáveis pelo vídeo original, feito em 2013. Ele diz que a afirmação de Varoufakis foi tirada de contexto pela imprensa alemã. Entretanto, não desmente a veracidade do gesto obsceno.

Leia mais