1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Começa contagem regressiva para a Copa 2006

No dia 9 de junho de 2006 tem início a Copa do Mundo na Alemanha. A apenas um ano do evento máximo do futebol, os alemães aceleram os preparativos para receber times e fãs dos cinco continentes.

default

Relógio gigante em Berlim conta as horas até o início do Mundial

Se depender dos alemães, a Copa do Mundo de 2006 (de 9 de junho a 9 de julho) será um evento inesquecível. A um ano do início do maior evento futebolístico, o país se prepara em grande estilo para receber milhares de fãs das mais diversas nacionalidades. Até o lema da Copa, "O mundo entre amigos", e o slogan do anfitrião "País de idéias" expressam a intenção dos organizadores de apresentar uma Alemanha receptiva, que oferecerá aos visitantes uma vasta programação que não se limita apenas ao futebol.

"Será um grande acontecimento", afirmou o ministro do Interior, Otto Schily. Estima-se que a Copa irá fazer com que o Produto Interno Bruto do país aumente em torno de 1%, o que em dois anos representa 40 bilhões de euros.

Plakat FIFA WM 2006

Logotipo da Fifa para a Copa 2006

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, também está convencido de que a Copa do Mundo em solo alemão será um grande evento. Ele não poupou elogios ao Comitê Organizador (CO) do torneio, presidido pelo kaiser Franz Beckenbauer: "Eles costumam ser mais rápidos do que nós. Quando temos uma pergunta, não raro eles já têm a resposta".

Receptiva e aberta ao mundo

Depois de 1974, esta é a segunda vez que uma Copa é realizada na Alemanha. Vale lembrar que naquela ocasião existiam duas seleções alemãs, uma do bloco Ocidental e outra do Oriental, que chegaram a se confrontar na primeira fase de jogos. Trinta e um anos depois, com a queda do Muro e a reunificação do país, a Alemanha quer reforçar a imagem de uma nação receptiva e aberta ao mundo. A realização da Copa das Confederações (de 15 a 29 de junho deste ano) será uma espécie de ensaio geral para o Mundial 2006.

Fußball WM - Fußball-WM 2006 Das neue Leipziger Zentralstadion Leipzig

Estádio de Leipzig

Os políticos não ignoraram a importância do evento. Os 12 estádios da Copa, em Berlim, Munique, Hamburgo, Frankfurt, Colônia, Stuttgart, Dortmund, Gelsenkirchen, Nurembergue, Hannover, Leipzig e Kaiserslautern foram totalmente reformados com participação de recursos federais e estaduais. Para a infra-estrutura, como transporte e melhorias no trânsito, foram investidos 3,7 bilhões de euros.

Seleção alemã

Em se tratando de futebol, os alemães apostam no bom desempenho da seleção do técnico Jürgen Klinsmann. O ex-jogador, aliás, desfruta de bastante credibilidade. Até o presidente da Alemanha, Horst Köhler, aposta em sua tática, lembrando que o técnico certa vez disse: "Não jogaremos na Copa apenas porque somos os anfitriões, mas porque queremos ser campeões do mundo. Eu só tenho a dizer: Bravo! Esta é a atitude correta".

Não é de se estranhar a enorme procura por ingressos para a Copa. Os 3,2 milhões de ingressos para os jogos do Mundial não serão suficientes para atender a todos os interessados em assistir ao vivo alguma partida. Na primeira fase de comercialização, quando 812 mil ingressos foram colocados à venda, a procura foi dez vezes superior a este número.

Ingressos em alta

A venda de ingressos é a principal fonte de renda do Comitê Organizador da Copa, cujo orçamento é da ordem de 430 milhões de euros, angariados da seguinte forma: 200 milhões de euros com a venda de ingressos, 60 milhões de euros dos seis patrocinadores nacionais, e os demais 170 milhões de euros da Fifa.

Fußball WM - Fußball-WM 2006 Gottlieb-Daimler-Stadion in Stuttgart

Estádio de Stuttgart

Esta quantia servirá para cobrir as despesas de 23 setores. Os principais são os investimentos nos 12 estádios, no valor de 120 milhões de euros, e nos custos com pessoal e material, de cerca de 100 milhões de euros. A equipe de apoio é formada por 150 pessoas. Além disso, outros 15 mil voluntários estarão trabalhando de graça para que o lema "O mundo entre amigos" seja de fato vivenciado por todos.

O mundo assiste ao futebol

Durante a Copa, telões serão montados em determinados lugares públicos do país para que a torcida que não pode ir ao estádio possa vibrar e torcer por seu time em uma atmosfera diferente. A TV também terá papel de destaque. Mais de 300 emissoras internacionais estarão fazendo a retransmissão dos jogos.

A audiência total da Copa do Mundo de 2002 foi estimada em 28,8 bilhões de telespectadores, sendo que 1,1 bilhão assistiram à final. Somente na final, entre Brasil e Alemanha (2x0), 1,1 bilhão de pessoas estavam na frente da telinha. O número de telespectadores nesta Copa deve ser ainda maior, confirmando mais uma vez a importância do evento.

Leia mais