1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Eurocopa

Começa briga por ingressos da Euro 2008

Críticas e reclamações acompanham o início das vendas de ingressos na Alemanha para a importante competição do futebol europeu: poucas entradas para os torcedores e preços salgados de 45 a 550 euros.

default

Martin Kallen, presidente da comissão organizadora da Euro 2008, com os mascotes Trix e Flix

A Federação Alemã de Futebol (DFB) abriu nesta terça-feira (15/01) seu portal de internet para a venda de ingressos da Euro 2008. Ao todo, há 21.765 lugares para os jogos da seleção alemã contra a Polônia (08/06), Croácia (12/01) e a anfitriã Áustria (16/06), na primeira fase da competição européia de futebol.

Entretanto a DFB é criticada pelo fato de, deste total, somente colocar 14.400 ingressos à venda. O restante ela distribuirá internamente. "É lamentável, mas não temos qualquer influência sobre a distribuição dos contingentes de ingressos. Isso, quem faz é a Uefa", justificou presidente da federação, Theo Zwanziger.

Os estádios relativamente pequenos não comportam mais espectadores, explicou. "Temos cerca de 1 milhão de voluntários no futebol, que são também torcedores." Ele não compreende as críticas. "Os ingressos não vão apenas para membros da presidência, que talvez não sejam tão simpáticos aos torcedores. Temos também que cuidar para que os muitos voluntários do setor sejam devidamente considerados."

"Vamos colher mais críticas do que elogios", antecipa o secretário-geral da DFB, Wolfgang Niersbach, que criou o sistema de sorteio dos ingressos. Afinal, o "contingente realmente mínimo" irá servir aos grêmios da federação, aos times da Bundesliga, às associações esportivas estaduais, aos patrocinadores, sem falar nos jogadores da seleção nacional. "Contudo nos alegramos que uma parcela de 70% seja reservada à torcida em geral", disse Niersbach.

Loteria para quem se cadastra

O procedimento para a compra online é semelhante ao adotado na Copa do Mundo de 2006. Cada interessado pode encomendar, até 12 de fevereiro, um máximo de quatro entradas, devendo fornecer seus dados pessoais e os de seus acompanhantes.

Os ingressos serão sorteados sob supervisão notarial até o final de fevereiro, mas somente para um único jogo por pessoa, de modo que um máximo de espectadores possam assistir à Euro ao vivo. O mesmo se aplica a possíveis jogos da seleção alemã nas quartas-de-final.

Neste caso serão distribuídos vales, a serem trocados por ingressos nos respectivos estádios, se a Alemanha se classificar. Se não, os compradores poderão receber seu dinheiro de volta. Cada um dos países participantes tem direito a 20% do contingente total de ingressos, o dobro do concedido durante a Copa 2006, realizada na Alemanha.

Diversão salgada

O diretor do centro de coordenação Fan Projekte (KOS), Michael Gabriel, acredita que muitos aficionados viajarão para os locais das partidas, mesmo sem dispor de ingressos. "Alguns tentarão o câmbio negro, outros assistirão aos jogos pelos telões."

Gabriel critica os preços salgados das entradas, entre 45 euros (categoria 3, primeira fase) e 550 euros (final). "É relativamente caro. Em comparação, a Bundesliga é um paraíso, com 10, 11 euros para os lugares em pé. Mas os torcedores pagarão estes preços, pois trata-se de um torneio gigante."

A Euro 2008 se realiza de 7 a 29 de junho na Áustria e na Suíça. (ina/av)

Leia mais