1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Com Ronaldo e sem Quaresma, Portugal define os 23 que vão à Copa

Eleito melhor jogador do mundo, estrela do Real Madrid é o único confiável no ataque luso. Quaresma, em melhor forma que alguns concorrentes, fica de fora. Brasileiro Pepe vai a seu segundo Mundial.

Portugal divulgou na noite de segunda-feira (20/05) os 23 jogadores que irão à Copa do Mundo. O técnico Paulo Bento definiu, assim, quais são os sete atletas cortados que estavam entre os pré-convocados para o torneio. Entre eles, certamente não está o nome de Cristiano Ronaldo. O melhor jogador do mundo, segundo eleição da Fifa no começo do ano, é a única estrela da equipe, que ainda conta com o goleiro campeão da Liga Europa, Beto, os madrilistas Pepe e Fábio Coentrão, além do cerebral João Moutinho entre os destaques.

A grande surpresa foi o corte do meia-atacante Ricardo Quaresma. Após altos e baixos nos últimos anos, com passagens por Besiktas, da Turquia, e Al Ahli, dos Emirados Árabes Unidos, Quaresma voltou a ter uma boa continuidade desde que voltou ao Porto, no começo do ano. As boas atuações, principalmente na fase mata-mata da Liga Europa, não foram o suficiente para evitar o corte. Nos Mundiais de 2006 e 2010, Quaresma também não fez parte dos convocados.

FC Porto vs Eintracht Frankfurt

Ricardo Quaresma fez bom semestre com o Porto, mas, pela terceira vez, fica de fora da Copa do Mundo

Outro nome gabaritado que não estará no Brasil é o do zagueiro Rolando. Tricampeão português e campeão da Liga Europa com o Porto, o zagueiro está desde 2013 atuando no futebol italiano, mas sem repetir as boas atuações dos tempos com a equipe portuguesa.

Em contrapartida, Paulo Bento optou por levar o jovem Rafa, de 21 anos de idade. O meia do Braga fez apenas um único jogo por Portugal, quando foi substituído no intervalo do amistoso contra Camarões, em março deste ano.

Dependência do "gajo"

Teoricamente Portugal é a segunda força no Grupo G – que tem também Estados Unidos, Gana e Alemanha. Os resultados conquistados pelos clubes nas competições continentais e a constante presença nas últimas edições da Copa do Mundo e da Eurocopa, demonstram que o futebol português alcançou um nível respeitável no cenário mundial.

Mas a terceira colocada no ranking da Fifa, atrás apenas da Espanha e da Alemanha, teve dificuldades nas Eliminatórias, ficou atrás da Rússia e dependeu demais de duas atuações de gala de Cristiano Ronaldo para eliminar a Suécia na repescagem. O gajo marcou todos os quatro gols de Portugal.

E a dependência do craque luso, aliado à descendente nas carreiras de jogadores como João Moutinho, Nani, Miguel Veloso, Raul Meireles, Hélder Postiga e Hugo Almeida, colocam no papel uma seleção que teve seu ápice há quatro anos.

Na primeira partida contra a Suécia, a seleção portuguesa jogou com Rui Patrício no gol; João Pereira, Bruno Alves, o brasileiro Pepe e Fábio Coentrão na linha defensiva; Raul Meireles e Miguel Veloso como a dupla de volantes; Cristiano Ronaldo pela esquerda, João Moutinho no centro e Nani pela direita no meio-campo; e Hélder Postiga de centroavante. Na segunda partida, a única alteração foi Hugo Almeida no comando de ataque, justamente o principal problema da equipe.

Fußball WM 2014 Qualifikationsspiel Schweden - Portugal

Nani comemora - e agradece - com Cristiano Ronaldo um dos três gols do craque contra a Suécia que classificaram Portugal ao Mundial.

Entre Hugo Almeida, que teve bons momentos no Werder Bremen da Alemanha no final da década passada, Hélder Postiga, que desde 2013 não é titular nos clubes que defendeu, e Éder, do Braga, é difícil saber qual dará mais resultado em campo. Como alternativa, Paulo Bento tem a opção em posicionar Cristiano Ronaldo como atacante centralizado, mas com liberdade na movimentação, e colocar um meio-campista a mais em campo: Varela ou Rúben Amorim.

A chave da classificação portuguesa para a segunda fase é a primeira partida. As chances de derrotar a Alemanha em uma estreia são maiores do que na terceira partida do grupo. Caso consigam a vitória, resta aos lusos administrar a posição favorável contra Estados Unidos e Gana. Mas caso percam, terão que "partir para cima" do time americano, algo incomum para Portugal, que gosta da tática do contra-ataque. Foi assim que os lusos derrotaram a Suécia, em Estocolmo. O risco de a terceira partida contra os africanos ser apenas um treino de luxo é grande.

Nas Eliminatórias Europeias, Portugal jogou contra equipes do porte de Luxemburgo, Azerbaijão, Israel e Irlanda do Norte e anotou 20 gols em 10 partidas. Dado interessante é que destes gols, oito foram marcados por jogadores defensivos. A bola parada, com Pepe, Bruno Alves e Ricardo Costa, é sempre perigosa. Ricardo Costa, zagueiro do Valencia, da Espanha, é, assim como Cristiano Ronaldo, o primeiro jogador português a ir a três Copas do Mundo seguidas.

Portugal desembarca apenas no dia 11 de junho no Brasil. Até lá, fará três amistosos: em 31 de maio contra Grécia, em Lisboa; em 06 de junho contra o México, em Boston; e em 10 de junho contra a Irlanda, em Nova York.

Portugal estreia no dia 16 de junho, contra a Alemanha, em Salvador. Depois os portugueses viajam até Manaus para enfrentar os Estados Unidos, no dia 22 de junho. O confronto contra os ganeses será em Brasília, em 26 de junho.

UEFA EURO 2012 Europameisterschaft Portugal vs Dänemark 1:0 Pepe Tor Jubel

O brasileiro Pepe, aqui comemorando seu gol contra a Dinamarca na Euro de 2012, vai à segunda Copa por Portugal

Confira a lista dos 23 convocados de Portugal:

Goleiros:

Beto (Sevilla/ESP)
Eduardo (Braga/POR)
Rui Patrício (Sporting/POR)

Defensores:

André Almeida (Benfica/POR)
Bruno Alves (Fenerbahce/TUR)
Fábio Coentrão (Real Madrid/ESP)
João Pereira (Valencia/ESP)
Neto (Zenit/RUS)
Pepe (Real Madrid/ESP)
Ricardo Costa (Valencia/ESP)

Meias:

João Moutinho (Monaco/FRA)
Miguel Veloso (Dínamo de Kiev/UCR)
Raul Meireles (Fenerbahce/TUR)
Rúben Amorim (Benfica/POR)
William Carvalho (Sporting/POR)
Rafa (Braga/POR)
Varela (Porto/POR)
Vieirinha (Wolfsburg/ALE)

Atacantes:

Cristiano Ronaldo (Real Madrid/ESP)
Éder (Braga/POR)
Hélder Postiga (Lazio/ITA)
Hugo Almeida (Besiktas/TUR)
Nani (Manchester United/ING)

Ficaram de fora:

Goleiro: Anthony Lopes (Lyon/FRA)
Defensores: Antunes (Málaga/ESP) e Rolando (Inter/ITA)
Meias: André Gomes (Benfica), João Mário (Vitória) e Ricardo Quaresma (Porto)
Atacantes: Ivan Cavaleiro (Benfica)

Leia mais