1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Com Pelé, Cosmos faz visita histórica a Cuba

Time de Nova York realiza amistoso contra seleção cubana, em evento que pode marcar nova era na relação esportiva entre os dois países. É a primeira vez em 16 anos que uma equipe profissional americana vai à ilha.

Com Pelé à frente, a delegação do New York Cosmos desembarcou na madrugada desta segunda-feira (01/06) em Havana, onde disputará uma partida amistosa contra a seleção nacional cubana.

Espera-se que a partida desta terça-feira, no estádio Pedro Marrero, marque o início de uma nova era nas relações esportivas entre os dois países, que vivem uma reaproximação diplomática após cinco décadas de hostilidades.

O Cosmos será o primeiro time americano de futebol a atuar na ilha desde 1978, quando o Chicago Sting também enfrentou a seleção local. Será também a primeira equipe esportiva dos EUA a se exibir em Cuba desde o Baltimore Orioles, da liga profissional de beisebol, em 1999.

"Nós nos sentimos extremamente privilegiados e honrados em aceitar essa oportunidade", disse Seamus O'Brien, presidente do Cosmos. "Tudo ocorreu naturalmente, muito rápido. Houve uma vontade instantânea das duas partes em realizar o jogo."

Em outro sinal de que a reaproximação está se refletindo também no esporte, a TV estatal tomou a decisão, sem precedentes na história recente da ilha, de exibir no início de maio uma partida da liga americana de beisebol.

A partida envolvia o jogador cubano Kendrys Morales, do Kansas City Royals. Oficialmente, atletas de Cuba são proibidos de atuar nos EUA e, com frequência, são retratados pela mídia local como desertores.

Pelé: apoio a Blatter

Na chegada ao aeroporto de Havana, Pelé foi quem mais atraiu a atenção. Ao atuar no Cosmos durante três temporadas (1977-79), ele ajudou a converter o futebol em esporte popular nos Estados Unidos.

Pele und die New York Cosmos Mannschaft

O atacante espanhol Raúl, ex-Real Madrid, é a principal estrela do atual elenco do New York Cosmos

"Mais uma vez estamos aqui com o futebol para trazer paz e alegria ao povo", disse Pelé, ainda no aeroporto de Havana.

O "Rei do Futebol" causou polêmica ao declarar apoio à reeleição do presidente da Fifa, Joseph Blatter, que venceu a votação de sexta-feira passada apesar de um escândalo de corrupção envolvendo a entidade.

"Eu era a favor. Era preciso porque é melhor ter gente com experiência. Ele está lá há 25 anos, você tem que respeitá-lo. Foi uma eleição", afirmou.

O novo ídolo do Cosmos é o atacante Raúl, de 37 anos, ex-Real Madrid e ex-capitão da seleção espanhola. Outro nome conhecido do time é o brasileiro naturalizado espanhol Marcos Senna.

RPR/afp/ap/rtr