Com golaço de Olic, Hamburgo vence o clássico contra o Werder | Siga a cobertura dos principais eventos esportivos mundiais | DW | 24.11.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Com golaço de Olic, Hamburgo vence o clássico contra o Werder

Hamburgo derrota o Werder Bremen no clássico nortista. Hoffenheim vence o Colônia e reassume a ponta. Bayern de Munique goleia o Energie Cottbus e está cada vez mais perto da liderança.

default

Ivica Olic (e) e Per Mertesacker durante o clássico entre Hamburgo e Werder Bremen

Um golaço de Ivica Olic aos 30min do segundo tempo garantiu neste domingo (24/11) a vitória do Hamburgo sobre o rival Werder Bremen por 2 a 1, em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Alemão. "Foi meu gol mais bonito para o Hamburgo", resumiu o atacante croata.

De fora da área, Olic acertou um chute cruzado no ângulo, indefensável. O peruano Paolo Guerrero abrira o placar para o Hamburgo e o brasileiro Diego, cobrando falta da entrada da área, havia feito o gol do Werder ainda na etapa inicial. Foi a primeira vez nos últimos cinco anos que o Hamburgo venceu o Werder Bremen jogando em casa.

Com o resultado, o Hamburgo conseguiu a revanche da partida disputada em maio passado, quando perdeu, também em casa, por 1 a 0, numa partida violenta, que teve nove cartões amarelos, duas expulsões e um golpe digno de kung fu do goleiro Tim Wiese contra Olic. Wiese foi vaiado pela torcida do Hamburgo quando entrou em campo, neste domingo.

Bundesliga Hamburger SV Werder Bremen

Frank Baumann vai ao chão após ser agredido

O ponto negativo do jogo foi a agressão sofrida pelo capitão do Bremen, Frank Baumann, que foi atingido por um objeto jogado das arquibancadas. O Hamburgo deverá ser punido pela Federação Alemã de Futebol (DFB).

A vitória deixou o Hamburgo na quinta colocação da Bundesliga, com 26 pontos. O Werder, atual vice-campeão, é apenas o nono colocado, com 20 pontos.

Hoffenheim reassume a ponta

O líder é novamente o Hoffenheim, que no sábado derrotou o Colônia por 3 a 1, com dois gols de Ibisevic e um de Demba Ba. O gol de honra dos renanos foi marcado pelo português Petit.

Bundesliga FC Köln 1899 Hoffenheim

Youssef Mohamad (f), do Colônia, e Ibisevic, do Hoffenheim

Com 16 gols em 14 jogos, crescem as chances de Ibisevic, artilheiro isolado do Campeonato Alemão, romper a barreira dos 30 gols numa temporada. Os últimos a conseguir tal feito foram Dieter Müller, do Colônia, em 1977, com 34 gols, e o legendário Gerd Müller, do Bayern de Munique, em 1973, com 36 gols.

"Aos poucos, eu mesmo começo a ter medo das minhas qualidades", disse Ibisevic após o jogo. "É inacreditável. Ele simplesmente faz o que quer", avaliou o colega de equipe Tobias Weis. "Eu nunca havia visto coisa igual em minha carreira", opinou o técnico Ralf Rangnick.

O lance mais polêmico do jogo foi a expulsão de Kevin McKenna, do Colônia, no início do segundo tempo. O técnico do Colônia, Christoph Daum, reclamou de falta de esportividade do comando técnico do Hoffenheim, que teria pedido a expulsão do jogador. Rangnick negou as acusações.

Bayern cada vez mais perto

A segunda colocação na Bundesliga é do Bayer Leverkusen, que perdeu para o Arminia Bielefeld por 2 a 1. Artur Wichniarek e Daniel Halfar marcaram para o Arminia e Patrick Helmes descontou.

O Bayern de Munique começou perdendo para o Energie Cottbus. Ervin Skela abriu o placar em Munique, mas Franck Ribéry, Martin Demichelis, Miroslav Klose e Luca Toni viraram o jogo.

Bundesliga FC Schalke 04 Borussia Moenchengladbach

Tobias Levels (e), do Gladbach, e Halil Altintop, do Schalke

O Bayern é o terceiro colocado, com o mesmo número de pontos do Leverkusen (28) e apenas três atrás do líder. Os bávaros não escondem sua intenção de chegar à liderança ainda no primeiro turno. "Vamos continuar mantendo pressão sobre os dois que ainda estão na nossa frente", disse o técnico Jürgen Klinsmann.

Em Bochum, o principal responsável pela vitória do Hertha Berlim sobre a equipe local foi o brasileiro Cícero, ex-Fluminense. Ele participou das jogadas dos dois primeiros gols, marcados por Raffael e Gojko Kacar, e fez o terceiro. Stanislav Sestak e Marcin Mieciel descontaram, mas não conseguiram reverter o placar. Foi a terceira vitória consecutiva do Hertha, quarto colocado, com 27 pontos.

Outro brasileiro que se destacou na rodada foi o atacante Grafite, que fez dois gols na vitória do Wolfsburg sobre o Stuttgart. Os outros dois foram marcados por Dzeko. Martin Lanig fez o gol do Sttuttgart. O campeão de 2006/07 terminou a rodada na 11ª colocação, com 18 pontos, e se despediu no final de semana do técnico Armin Veh. Já o Wolfsburg é o oitavo, com 22 pontos.

Também o Schalke conseguiu uma importante vitória ao superar o Borussia Mönchengladbach por 3 a 1, com dois gols de Halil Altintop e um de Jefferson Farfán. Rob Friend descontou para o Gladbach. O Schalke está agora na sétima colocação, com 23 pontos.

Leia mais