1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Com gol de Rafinha, Schalke vence Bochum e mantém liderança

Equipe de Gelsenkirchen derrota o adversário por 2 a 1 e garante o primeiro lugar na tabela de classificação da Bundesliga.

default

Rafinha (d) e Lövenkrands após o gol do brasileiro, o primeiro do jogo

O Schalke venceu o Bochum por 2 a 1 nesta sexta-feira (24/11), na abertura da 14ª rodada do Campeonato Alemão, e manteve a liderança da competição. A equipe de Gelsenkirchen soma 29 pontos, contra 24 pontos do Werder Bremen e do Stuttgart, que jogam neste sábado e domingo, respectivamente.

Jogando em casa, o time treinado pelo técnico Mirko Slomka não teve dificuldade para vencer o adversário, que, com o resultado, ocupa apenas a 16ª colocação na tabela de classificação, dentro da zona de rebaixamento. Foi a quarta vitória consecutiva do Schalke.

Os gols

O primeiro gol do Schalke foi marcado pelo lateral brasileiro Rafinha, aos 19min de jogo. Após um longo passe do irmão Hamit Altintop, o atacante Halil Altintop tocou de calcanhar para o brasileiro, que completou para o gol com um chute de direita. Foi o primeiro gol de Rafinha em 58 jogos com a camisa do Schalke.

O segundo gol saiu de uma cobrança de tiro de meta. O goleiro do Schalke, Neuer, chutou forte para o campo adversário. A bola foi cabeceada por Kuranyi e acabou nos pés de Lövenkrands, que chutou da entrada da área para marcar o gol. A bola ainda passou pelo meio das pernas do goleiro do Bochum.

Os visitantes reagiram no início do segundo tempo. O goleador grego Gekas escorou de cabeça, para o fundo das redes, um cruzamento de Misimovic. No início do primeiro tempo, Gekas tivera a oportunidade de abrir o placar, mas o chute à queima-roupa do grego foi defendido por Neuer.

Lincoln volta

O jogo marcou ainda o retorno do brasileiro Lincoln à equipe do Schalke depois de cinco partidas ausente por lesão. Ele entrou no início do segundo tempo, no lugar de Halil Altintop. Sem ritmo de jogo, o brasileiro errou muitos passes e teve um desempenho apenas regular.

Aos 21min do segundo tempo, o Schalke perdeu a oportunidade de ampliar o placar num cobrança de pênalti, desperdiçada por Kobiashvili. O zagueiro Heiko Butscher, que fez falta em Lövenkrands dentro da área, foi expulso.

Com um jogador a mais, o Schalke dominou os últimos 24 minutos e perdeu várias oportunidades de gol.

Leia mais