1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Com apoio da Rússia, Síria inicia ofensiva em Aleppo

Bombardeios russos foram coordenados com ação de tropas sírias ao sul da cidade. Desde setembro, Moscou realizou mais de 380 ataques aéreos na Síria. Em quatro anos, conflito já matou mais de 250 mil pessoas.

O Exército da Síria, apoiado pela Força Aérea da Rússia, iniciou uma nova ofensiva nesta sexta-feira (16/10) contra rebeldes em torno de Aleppo, a segunda maior cidade do país, cujo controle está divido entre rebeldes e tropas do governo desde 2012.

As Forças Armadas afirmaram, em comunicado, que as operações no oeste e no sul da cidade visam "libertar a população de grupos armados terroristas". Os militares alertaram, ainda, que pessoas que colaborarem com os rebeldes passaram a ser alvos também.

Uma fonte militar disse que a operação ao sul da cidade está sendo apoiada por bombardeios russos e combatentes do Irã e do Hisbolá. Autoridades americanas disseram que cerca de 2 mil iranianos estão ajudando na operação.

Essa é quarta ofensiva que o regime do presidente Bashar al-Assad lançou desde que Moscou iniciou os ataques aéreos no final de setembro. A Rússia anunciou também nesta sexta-feira que realizou um total de 600 voos e promoveu ataques contra mais de 380 alvos desde o início da sua intervenção.

A guerra civil na Síria já dura quatro anos e deixou mais de 250 mil mortos, sendo que 74 mil eram civis, segundo o balanço divulgado nesta sexta-feira pelo Observatório Sírio para os Direitos Humanos.

CN/lusa/afp

Leia mais