1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Com 6 a 0, Argentina dá show e humilha a Sérvia

Sul-americanos não tomam conhecimento do rival, aplicam maior goleada da Copa e agora esperam a última rodada da primeira fase para definirem as posições do grupo C.

default

Rodriguez (e) abriu o placar

Primeiro a Itália, depois a Alemanha e agora a Argentina. Entre as grandes seleções da Copa, o favoritismo foi mostrado nesta ordem. Os argentinos, nesta sexta-feira (16/6), em Gelsenkirchen, tornaram-se a sensação da chave C, o chamado "grupo da morte", com uma vitória surpreendente por 6 a 0 sobre Sérvia e Montenegro. O maior placar do torneio até agora.

Surpreendente não apenas pelo placar, mas pelo ritmo de jogo dos sul-americanos. Pela disposição tática e pelo domínio do jogo, quase que por 90 minutos. A segunda derrota na Copa do Mundo (levaram 1 a 0 da Holanda na estréia) praticamente elimina os sérvios da competição. Matematicamente, eles ainda têm uma chance, mas dependem de uma combinação improvável de resultados.

Agora a Argentina, que soma seis pontos (venceu a Costa do Marfim por 2 a 1), aguarda a última rodada desta primeira fase para analisar as posições. O jogo será contra os holandeses, no dia 21, em Frankfurt.

Em Gelsenkirchen, sob os olhares analíticos de Diego Armando Maradona, que marcou presença com sua família nas tribunas de honra, os portenhos conseguiram impor um bom ritmo de jogo deste o começo.

Rodriguez abriu o placar logo aos cinco minutos, após tabela com Saviola. O meia recebeu a bola dentro da área e chutou na saída do goleiro Jevric. Aos 30 minutos, foi a vez de Cambiasso marcar um golaço.

Saviola começou a jogada novamente, passou para Crespo, que tocou de calcanhar para o volante ampliar a vantagem para 2 a 0. Aos 43 minutos, Rodriguez fez 3 a 0 após outra jogada de Saviola.

O show argentino continuou na etapa complementar com mais três gols e um amplo domínio das ações. Messi e Tevez entraram e campo e deram seqüência ao ritmo sul-americano. O primeiro, aos 33 minutos, cruzou para Crespo fazer 4 a 0.

O segundo, cinco minutos mais tarde, recebeu assistência na esquerda, passou a bola por baixo das pernas de Gavrancic, driblou Duljaje tocou na saída do goleiro Jevric. Messi, aos 42 minutos, fechou o placar ao invadir a área e tocar a bola fácil para o gol.

ARGENTINA 6 x 0 SÉRVIA E MONTENEGRO

Argentina
Abbondanzieri; Burdisso, Ayala, Heinze e Sorín; Mascherano, Lucho González (Cambiasso), Rodriguez (Messi) e Riquelme; Saviola (Tevez) e Crespo
Técnico: José Perkerman

Sérvia e Montenegro
Jevric; Duljaj, Gavrancic, Krstajic e Dudic; Nadj (Ergic), Stankovic, P. Djordjevic e Koroman; Kezman e Milosevic (Vukic)
Técnico: Ilija Petkovic

Data : 16/06/2006 (sexta-feira)
Local: Estádio da Copa de Gelsenkirchen
Árbitro: Roberto Rosetti (Itália)
Auxiliares: Cristiano Copelli e Alessandro Stgnoli (ambos italianos)
Cartões amarelos: Crespo (A); Koroman, Nadj, Krstajic (S)
Cartão vermelho: Kezman (S)
Gols: Rodriguez, aos 5min, Cambiasso, aos 30min, Rodriguez, aos 40min do primeiro tempo; Crespo, aos 33min, Tevez, aos 38min, Messi, aos 42min do segundo tempo

Leia mais