1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Comércio exterior impulsiona crescimento econômico alemão

De janeiro a maio, total de exportações soma 396,7 bilhões de euros e saldo da balança comercial chega ao valor recorde de 81,3 milhões de euros. Para economistas, exportações determinam crescimento econômico.

default

Contêineres deixam o porto de Hamburgo

A Alemanha registrou um saldo de 81,3 bilhões de euros na sua balança comercial de janeiro a maio deste ano – "um novo recorde", segundo o Departamento Federal de Estatísticas em Wiesbaden. Em maio, o superávit foi de 17,5 bilhões de euros, ou 4,7 bilhões a mais que no ano anterior. De acordo com o instituto, as tendências de crescimento do comércio exterior não foram freadas pela alta do euro, que encarece as exportações para países fora da União Européia.

Na opinião de economistas, o comércio exterior foi praticamente o único responsável pelo crescimento de 0,7% da economia alemã no segundo trimestre. Graças a ele, estima-se que a Alemanha obterá um crescimento anual de 2,5% até 3%. Nos primeiros cinco meses de 2007, o volume de exportações chegou a 396,7 bilhões de euros – 11% a mais que o total registrado no mesmo período do ano passado.

Demanda interna diminuiu

A demanda no mercado interno, em contrapartida, ficou abaixo das expectativas. "Houve crescimento negativo na construção civil, empresários não ampliaram seus estoques e o consumo privado não deslanchou", disse o economista Matthias Rubisch, do Commerzbank.

O volume de importações ilustra como a demanda interna ficou abaixo das expectativas: em maio, enquanto as exportações subiram 9,3%, para 79,1 bilhões de euros, as importações subiram apenas 3,4%, para 61,6 bilhões de euros. Um motivo para o baixo volume de importações poderia ser o preço moderado do petróleo e do gás natural, que subiram menos em relação ao ano anterior.

Os principais parceiros comerciais continuam sendo os vizinhos da União Européia, que importaram 13% mais produtos alemães que no mesmo período em 2006, atingindo a marca de 261 bilhões de euros. Também a conjuntura econômica favorável na Ásia impulsionou as exportações alemãs. De janeiro a maio, a Alemanha exportou 7,7% mais produtos a países situados fora da Europa do que no mesmo período do ano anterior. (rr)

Leia mais