1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Colecionador Gustav Rau deixa herança milionária ao Unicef

Em vida, dedicou-se às crianças e às artes. Após a morte, deixa a vida a muitas crianças, por meio das artes.

default

Tarefa do Unicef é o apoio às crianças carentes em todo o mundo

Trata-se da maior doação já recebida pela instituição, constituída por 600 obras entre quadros, esculturas e peças artesanais no valor de 255 até 511 milhões de euros.

As obras deverão ser vendidas para financiar projetos em países em desenvolvimento. A doação, uma das maiores para fins filantrópicos dos últimos dez anos, é composta por preciosidades artísticas que atravessaram até seis séculos, portando os nomes de Claude Monet, Paul Cézanne, Max Liebermann, Edvard Munch, El Greco e Auguste Renoir.

A exceção — Nascido em 1922, em Stuttgart, Gustav Rau estudou economia e, com 40 anos, decidiu iniciar seus estudos em medicina. Em 1977, foi para África prestar ajuda médica às crianças do Congo, onde fundou um ambulatório. Mais de 15 anos de sua vida foram dedicados à assistência às crianças carentes, valendo-se de seus próprios recursos financeiros e engajamento pessoal. Seu maior objetivo era ajudar as crianças carentes dos países em desenvolvimento e, para isso, fundou quatro instituições sociais. O motivo de tanta solidariedade explicita-se nas palavras do embaixador do Unicef, Sir Peter Ustinov: "Em toda a minha vida eu encontrei poucos homens bons, mas esse é certamente um deles".

Links externos