1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Coalizão diz que EI perdeu 30% de seu território em 2015

Extremistas perderam em torno de 40% de seu território na Síria e 20% no Iraque. Alvos constantes de bombardeios das forças internacionais, eles foram expulsos de cidades importantes, como Ramadi e Tikrit.

Em 2015, o território controlado pela organização extremista "Estado Islâmico" (EI) foi reduzido em torno de 40% no Iraque e em 20% na Síria, informou nesta terça-feira (05/01) um porta-voz da coalizão internacional liderada pelos EUA que combate os jihadistas nesses dois países.

No ano anterior, o EI tinha conquistado um terço do território iraquiano, inclusive a cidade de Mossul, uma das maiores do país, nas proximidades da capital, Bagdá. Nos últimos meses, porém, as forças internacionais conseguiram expulsar os extremistas de diversas localidades.

Contraofensivas das forças iraquianas e curdas, apoiadas pela coalizão internacional, forçaram a retirada do EI das cidades de Tikrit, ao norte, e

Ramadi

, no oeste.

Na Síria, o EI é combatido pelo exército do presidente Bashar al-Assad, além de grupos rebeldes de oposição. Os jihadistas são alvos constantes de ataques aéreos da coalizão internacional e da Rússia, aliada ao regime de Damasco

Em dezembro, um relatório divulgado pelo centro de estudos militares e de defesa IHS Janes dava conta de que o EI havia perdido

apenas 14% do território sob seu poder

, entre 1º de janeiro e 14 de dezembro de 2015.

RC/rtr/dw

Leia mais