1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Coalizão de governo da Grécia perde maioria parlamentar

Os dois principais partidos da Grécia não conseguem garantir a maioria dos assentos no Parlamento. O socialista Pasok e os conservadores da Nova Democracia somam apenas 32% dos votos.

Após as severas perdas na eleição deste domingo (06/05), os dois partidos da coalizão de governo da Grécia perderam também grande parte de sua representação no Parlamento, revelam os números oficiais divulgados nesta segunda-feira.

Com 99% dos votos contabilizados, o partido socialista Pasok e os conservadores da Nova Democracia receberam juntos apenas 32% dos votos, muito abaixo dos 77,4% de 2009. Os dois partidos conquistam, assim, 149 dos 300 assentos do Parlamento.

A instável coalizão liderada por Antonis Samaras, do partido conservador, e pelo ex-ministro grego das Finanças Evangelos Venizelos, governa o país desde novembro de 2011.

Aparentemente eles estão sendo punidos pelo eleitorado grego devido às duras medidas de austeridade implementadas para combater a crise da dívida.

Grécia foi forçada a introduzir severos cortes orçamentais em troca de dois pacotes de resgate aprovados pela União Europeia, pelo Fundo Monetário Internacional e pelo Banco Central Europeu, no valor total de 240 bilhões de euros.

A nação enfrenta exigências para adotar medidas ainda mais austeras no próximo mês, na tentativa de prevenir uma desastrosa saída do país da zona do euro.

AKS/afp/ap/rtr
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais