1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Clinton vence primárias na Carolina do Sul

Ex-secretária de Estado obteve ampla vantagem sobre adversário, Bernie Sanders, conseguindo a maioria dos 53 delegados democratas do estado. No discurso de vitória, ela agradeceu aos eleitores negros e mulheres.

A ex-secretária de Estado americana Hillary Clinton ganhou com clara vantagem as primárias de sábado do Partido Democrático no estado da Carolina do Sul, no âmbito do processo de escolha dos candidatos às eleições presidenciais dos EUA. Com 99% dos votos contados durante a madrugada deste domingo (28/02), Clinton tinha 73,5%, contra 26% do senador Bernie Sanders.

Sanders felicitou Clinton pela sua vitória "clara" na Carolina do Sul, mas considerou que agora "o que importa é a 'super terça-feira'", no próximo dia 1° de março, quando 14 estados e territórios americanos, grande parte localizados no sul e no sudoeste do país, votam nas eleições primárias do Partido Democrata e do Partido Republicano.

Até agora, já houve votações nas primárias democratas no Iowa, New Hampshire e Nevada. Clinton ganhou em Nevada e Sanders em New Hampshire. No caso do "caucus" (assembleias locais de eleitores) de Iowa, Clinton ganhou apertado.

Nas primárias democratas da Carolina do Sul, são eleitos 53 delegados do estado às convenções nacionais que nomearão o candidato do Partido Democrata nas eleições presidenciais marcadas para novembro deste ano.

No discurso de vitória diante de seus seguidores, Hillary Clinton agradeceu às mulheres, aos afroamericanos e aos jovens pela colaboração nesta sua vitória na Carolina do Sul.

A ex-secretária de Estado acrescentou que se chegar à Casa Branca lutará por mais oportunidades para todos os americanos e contra os abusos das corporações. Clinton felicitou também Bernie Sanders pela "grande campanha" que está fazendo.

A prévia da Carolina do Sul mostrou o apoio que Clinton tem entre afro-americanos. Mais de um quarto dos cerca de 4,8 milhões de residentes do estado são negros, e nove em cada dez deles votaram na esposa do ex-presidente Bill Clinton. Já Sanders teve preferência entre os eleitores mais jovens.

Estas tendências são importantes para a chamada "super terça-feira", porque seis das onze primárias ocorrem em estados com uma grande população negra. Na terça-feira, os democratas definem cerca de 875 delegados, mais de um terço do número necessário para a nomeação.

MD/rtr/lusa/

Leia mais