1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Clima atípico de Natal

Há várias semanas, a Alemanha está se preparando para o Natal. Só o clima não está colaborando. Na região oeste do país, as feirinhas de Natal aconteceram até agora em clima atípico: sol e temperaturas amenas.

default

Muitas luzes, mas pouca neve nas feirinhas alemãs de Natal

Os supermercados e as lojas alemães há muito tempo já decoraram as vitrines com motivos natalinos e colocaram à venda os produtos típicos desta época do ano. O mais tradicional, no entanto, são as feiras de Natal, que atraem turistas de todo o mundo.

Embora São Pedro ainda não tenha colaborado em todas as cidades com uma porçãozinha de neve, para dar um toque especial à paisagem, os artesãos e vendedores estão satisfeitos. O único fator que poderia atrapalhar seriam os guarda-chuvas, em caso de tempo úmido.

"O tempo bom e seco atrai as pessoas, por isso vêm tantos turistas também do exterior", diz Randolf Schürmann, da organização da feira de Natal ao lado da catedral de Colônia. A enxurrada de visitantes dos países vizinhos aumenta nos finais de semana, quando Colônia recebe até 450 ônibus cheios de turistas.

Clima de Natal chega devagarinho

Eröffnung des Christkindlmarktes in Nürnberg

Abertura da tradicional feira de Natal de Nürembergue

Embora a cerveja, no verão, e o café, no inverno, sejam bebidas tradicionais no país, na época de Natal elas são substituídas pelo quentão de vinho. No resto do ano, os alemães lembram com carinho daquele copo decorado com lindos motivos de Natal, o líquido quentinho aquecendo as mãos e o gostoso cheirinho de canela no ar. "Se ficasse um pouco mais frio, com certeza a gente venderia mais", reclama Tobias Wolf, dono de um estande numa das várias feirinhas em Colônia.

Mesmo com sol e temperaturas amenas, basta fechar os olhos para se sentir todo o ambiente típico: os cheiros de temperos típicos e a música característica. Isso é fundamental para o britânico Richard Lord, que veio de Oxford com outros 43 universitários, especialmente para passear nas ruas decoradas de Colônia. "Não temos feiras de Natal na Inglaterra. Esta é uma experiência e tanto pra gente", revela Richard. E complementa: "É uma cultura muito diferente da nossa."

"A gente vê tanto artesanato, nos dá a impressão de que Inglaterra só há grandes indústrias", diz Magie Jones ao comentar a cultura alemã. Em pleno mês de novembro, ela também foi contagiada pelo clima de Natal: "Há tanta coisa bonita e comida gostosa. Isto é que é Natal!"