1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Clássico em ritmo de férias

Desmotivados, Bayern e Schalke enfrentam-se em Munique. Borussia Dortmund e Werder Bremen brigam pela vice-liderança.

default

Torcedores do Schalke não têm motivos para crer em sucesso em Munique

Líder com oito pontos de vantagem, a equipe do Bayern de Munique não vê a hora de entrar em férias. Enfrentar o Schalke não passa de cumprir a tabela. Até mesmo a cabeça do técnico Ottmar Hitzfeld já está ligada no período após o recesso. "Aquele que voltar acima do peso sentirá as conseqüências", ameaça o treinador.

No adversário, o pensamento igualmente já está além do clássico. O astral no Schalke baixou geral após ter sido despachado da Copa da Uefa de forma humilhante, na terça-feira, com uma goleada de 4 a 1 em casa para o time polonês Wisla de Cracóvia. Há 1,5 semana, o Schalke já havia sofrido o revés da eliminação na Copa Alemanha, na qual tentava o tricampeonato. O carrasco fora o mesmo Bayern, também em Munique.

Ou seja, não há razões para otimismo para o clássico. "Nossas chances não passam de 20%", estima Rudi Assauer, diretor-executivo do clube de Gelsenkirchen. O técnico Frank Neubarth espera ao menos uma atuação decente. "Claro que quero uma reação", diz o treinador, que não poderá escalar seis titulares.

Como o quarto colocado, Schalke já se dá praticamente por vencido antes do jogo, resta aos demais perseguidores do Bayern fazerem sua parte para impedir que o time bávaro se distancie ainda mais. Vice-líder, o Borussia Dortmund vai a Cottbus enfrentar o lanterna Energie. A escrita indica amplo favoritismo do atual campeão. A equipe de Amoroso, Éwerthon, Dede e Evanílson é a única da Bundesliga que jamais perdeu ponto para o adversário do leste alemão.

Igualmente na briga pela vice-liderança – perde para o Borussia pelo saldo de gols –, o Werder Bremen tem a vantagem de jogar em casa. Com apoio de sua torcida, é favorito contra o Borussia Mönchengladbach. O Bayer Leverkusen, por sua vez, espera consolidar-se no meio da tabela com uma vitória em casa sobre o Nürnberg e, assim, ir menos frustrado para o recesso de inverno, após a decepcionante primeira metade da temporada.

Já o Wolfsburg sonha com um dia de festa perfeito no jogo inaugural de seu novo estádio. O adversário, entretanto, não é fácil: o Stuttgart, quinto colocado. Enquanto isto, Kaiserslautern e Hertha Berlim se enfrentam num duelo que, em outros tempos, chamaria grande atenção.

Leia mais