1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Citações de Einstein enfeitam Berlim

A capital alemã ganhou mais uma atração: como parte das comemorações do Ano de Einstein, a Chancelaria foi enfeitada com uma citação do gênio. Outros prédios do governo ostentarão mais frases até o final deste ano.

default

Gerhard Schröder (esq.) inaugurou a homenagem

"O Estado está para o povo e não é o povo que está para o Estado." A frase de 1932, colocada a 36 metros do solo em imensas letras vermelhas (1,4m de altura), irá ornamentar a Chancelaria Federal em Berlim até o outono europeu deste ano.

A iniciativa faz parte das homenagens no âmbito do Ano de Einstein, que comemora, em 2005, os 100 anos da divulgação da Teoria da Relatividade e os 50 anos da morte do gênio. Através da homenagem, Schröder reconhece Albert Einstein não somente como cientista genial, mas também como defensor da democracia, cidadão do mundo e pacifista.

A embaixada suíça, vizinha ao prédio do governo alemão, também enfeita as paredes cinzas e lisas de seu moderno edifício com palavras do mestre da Física. "A verdadeira democracia não é uma insensatez vazia" foi a frase escolhida, com a qual, segundo o embaixador Werner Baumann, Einstein pretendia deixar claro, já no final de sua vida, a admiração pelo espírito liberal de sua escola suíça. As palavras do cientista demonstram a influência da formação e da educação para um pensamento democrático. Em 1901, Albert Einstein, nascido em Ulm, na Alemanha, nacionalizou-se suíço.

Frases e citações

O gênio ficou mundialmente conhecido por suas descobertas na ciência, trazendo contribuições valiosíssimas para a humanidade, que permitiram progressos surpreendentes para a época, e essenciais para o mundo hoje. Entretanto, para grande parte de seus fãs e apreciadores – em sua maioria leigos – Einstein não deixou somente complexos teoremas como herança após sua morte nos Estados Unidos.

Zitaten-Teppich zum Einstein-Jahr

Citação do gênio no tapete vermelho: «É importante não parar de fazer perguntas»

Pensamentos, frases e citações compõem um vasto acervo em torno da pessoa que tentou utilizar sua imagem e reconhecimento para fazer do mundo um lugar melhor. "A guerra foi vencida – mas não a paz " anunciou após o fim da Segunda Guerra Mundial, comprovando sua orientação pacifista.

Paz acima de tudo

Sua capacidade de expressar-se pela paz também demonstrou grande habilidade para analisar o passado e confirmar seus desejos para o futuro: "O pensamento e os métodos do passado não puderam evitar as guerras mundiais, mas o pensamento do futuro deve torná-las impossíveis". Com relação à bomba atômica, cuja construção foi possível somente graças à fórmula descoberta por ele, Einstein lamenta a maneira como o homem aplica sua teoria: "A liberação da energia nuclear mudou tudo, exceto nossa forma de pensar, e é por isso que somos conduzidos a catástrofes sem igual".

Ausstellungstipps Albert Einstein

O prêmio Nobel de Física de 1921 estava disposto a lutar pela paz

Sobre sua capacidade intelectual, Einstein também afimou não ser nada extraordinária. Segundo ele, "eu não tenho nenhum talento especial, só sou apaixonadamente curioso". O reconhecimento que teve frente ao mundo também o intrigava, levando-o ao questionamento: "De onde vem isso, que ninguém me entende, mas todos me adoram?". Seu prazer em viver sem preocupar-se com o que será o dia de amanhã também é reconhecido por ele próprio: "Eu não me preocupo nunca com o futuro. Ele chegará suficientemente cedo".

Frases como estas, que descrevem uma personagem e seus ideais, tão influente quanto poucos, deverão enfeitar os ministérios alemães até o final deste ano. É uma maneira que o governo alemão encontrou para homenagear um gênio que contribuiu como poucos para a história da humanidade. Albert Eintein queria perpetuar seus estudos científicos e ideais pacifistas, na esperança de que ambos pudessem melhorar um mundo repleto de conflitos e problemas.

Sua origem judaica o fez sair de seu país e nunca mais regressar, algo que Einstein queria que se tornasse impossível no futuro. Para ele, o mundo não deveria impor fronteiras, algo que ele próprio sentia dificuldades em trabalhar. Como pensador, ele não via fronteiras, algo impossível como cidadão do mundo: "Apesar de eu tentar ser universal em meus pensamentos, continuo sendo, por instinto e inclinação, um europeu."

Leia mais

Links externos