1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Cingapura condena jovens alemães por vandalismo

Tribunal emite sentença de nove meses de prisão por invasão de um depósito e grafitagem de um vagão de trem. País asiático é conhecido por duras leis contra crimes do tipo.

Um tribunal de Cingapura condenou nesta quinta-feira (05/03) dois jovens alemães a nove meses de prisão e a três bordoadas nas nádegas por grafitarem um vagão de metrô no país em 2014.

Os alemães de 22 e 21 anos foram condenados depois de se declararem culpados por vandalismo e invasão de propriedade. Os dois pediram clemência antes do anúncio da sentença e chamaram seus atos de um "erro estúpido".

Os dois jovens foram sentenciados a quatro meses de prisão por invadirem um depósito de trem suburbano operado pela empresa estatal SMRT, em novembro de 2014, e a outros cinco meses de prisão e três vergastadas por grafitarem um dos vagões.

Ambos fugiram de Cingapura após o incidente, mas foram capturados na vizinha Malásia e foram extraditados. Eles estavam a caminho da Austrália, onde estavam trabalhando.

Cingapura, um dos principais centros financeiros asiáticos, é conhecida por sua linha-dura diante do crime. O uso de vara de ratam para castigar remonta ao passado colonial cingapuriano e costuma deixar cicatrizes permanentes.

As leis contra vandalismo de Cingapura chamaram a atenção internacional, em 1994, quando um jovem americano foi castigado por danificar carros e o patrimônio público, apesar dos apelos de clemência do então presidente americano, Bill Clinton.

CA/afp/dpa/lusa

Leia mais