Cidade alemã vende buracos de ruas pela internet | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 05.03.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Cidade alemã vende buracos de ruas pela internet

Prefeito de Niederzimmern tenta levantar fundos para pagar reparos no asfalto. Buracos nas ruas são produto da erosão pela neve e pelo gelo.

default

Buracos estão à venda por 50 euros

O atual inverno alemão foi um dos mais longos e mais nevados dos últimos 30 anos. E toda essa neve e gelo que cobriram o território deixaram marcas nas ruas do país: buracos profundos no asfalto.

E como nem todas as cidades têm dinheiro em caixa para fazer os reparos – que podem chegar a milhões – a solução é usar a criatividade. O prefeito de Niederzimmern, uma cidadezinha de mil habitantes no estado da Turíngia, foi buscar ajuda no mundo digital, pondo à venda os buracos numa campanha na internet.

"Muitas pessoas na vila sempre me disseram: 'Você sabe que as ruas precisam ser recapeadas? Você viu os buracos?' Quando as pessoas me disseram isso pela terceira vez, já estavam bem zangadas. E por causa dessa raiva, veio a idéia de colocá-los à venda", explica o prefeito, Christoph Schmidt-Rose.

Cada buraco custa 50 euros – o comprador pode examiná-los na internet antes de fechar negócio. No site já se encontram 10 fotos à mostra, inclusive a do pior caso registrado na cidade: uma abertura de 15 centímetros de profundidade.

Thüringisches Dorf Niederzimmern

Inverno rigoroso deixou má recordação na cidadezinha

Quem compra um buraco em Niederzimmern também tem direito a uma placa. A pessoa pode deixar registrada uma mensagem que permanecerá no local, mesmo após o conserto do buraco. A intenção, segundo o prefeito, é fazer um tipo de "calçada da fama" com o nome dos doadores.

Schmidt-Rose explica que a cidadezinha não tem capacidade para custear o recapeamento de todas as ruas – mas o maior dos buracos ficará por conta da prefeitura.

O prefeito ainda não sabe dizer quantos compradores se habilitaram na internet. Mas para garantir uma gestão transparente do dinheiro, Schmidt-Rose disse que vai mencionar no site de Niederzimmern todos os doadores que aderirem à campanha.

Autora: Blagorodna Grigorova (np)
Revisão: Simone Lopes

Leia mais