1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Cerimônia em Berlim marca despedida de Richard von Weizsäcker

Ex-político, que presidiu a Alemanha entre 1984 e 1989, será homenageado na catedral da capital. Mais de 1.400 convidados do mundo todo são aguardados para o adeus a um dos mais notórios líderes do país.

A Alemanha despede-se nesta quarta-feira (11/02) de um de seus mais importantes presidentes, Richard von Weizsäcker. Uma missa e uma cerimônia de Estado serão celebradas na Catedral de Berlim em homenagem ao ex-político, morto no último dia 31 de janeiro, aos 94 anos.

Com as celebrações na capital alemã, a política reconhece o

papel que Weizsäcker desempenhou na República Federal da Alemanha

, que presidiu entre 1984 e 1989. O ex-líder chamou atenção internacionalmente sobretudo com um discurso proferido no dia 8 de maio de 1985, por ocasião do 40° aniversário do fim da Segunda Guerra Mundial. O então presidente definiu a data como "um dia de libertação" para a Alemanha.

As celebrações em Berlim contarão com a presença de cerca de 1.400 convidados do mundo todo, entre eles o presidente austríaco, Heinz Fischer, a princesa Beatrix da Holanda e ex-presidentes, como Lech Walesa, da Polônia. Todos os prédios públicos do país manterão as bandeiras a meio mastro nesta quarta-feira.

Na cerimônia de Estado, o atual presidente, Joachim Gauck, homenageará seu antecessor. O ministro alemão das Finanças, Wolfgang Schäuble, e o ministro do Exterior, Frank-Walter Steinmeier, também discursarão.

Uma cerimônia como esta em homenagem a Weizsäcker é algo extraordinário no país. Uma disposição do Ministério do Interior de 1966 determina que a Alemanha se despeça com uma celebração do tipo de indivíduos que tenham feito uma contribuição especial ao povo alemão.

A princípio, um funeral de Estado também era previsto, mas ele não será realizado por vontade da família. O enterro, após os atos oficiais, será fechado ao público, num cemitério na região berlinense de Zehlendorf.

LPF/dpa/epd

Leia mais