1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Centros de refugiados são palco de brigas em massa na Alemanha

Polícia registra confusões generalizadas em abrigos de Hamburgo, entre dezenas de migrantes afegãos e albaneses, e Braunschweig, entre argelinos e sírios. Quatro pessoas foram presas.

Dezenas de migrantes envolveram-se em brigas em centros de acolhimento de refugiados em Hamburgo e Braunschweig, na Alemanha, na noite desta terça-feira (06/10).

Em Braunschweig, no estado da Baixa Saxônia, entre 300 e 400 refugiados argelinos e sírios se envolveram numa confusão generalizada, segundo a polícia local. Foram necessários 60 policiais para acalmar os ânimos no acampamento. Um homem foi detido.

Em Hamburgo, a polícia estima que até 60 afegãos e albaneses tenham participado da briga, cujos motivos estão sendo investigados. Cinco pessoas ficaram feridas, e uma delas foi levada a um hospital com um corte no braço. Não ficou claro se o migrante tinha sido esfaqueado, mas a polícia – que enviou aproximadamente 30 viaturas para encerrar o conflito – relatou não ter encontrado armas no local. Três pessoas foram presas.

Testemunhas, no entanto, afirmaram que um migrante apontou uma arma à cabeça de outro refugiado. Além disso, uma tenda do acampamento pegou fogo, mas ainda não se sabe se o incidente teve ligação com a briga em massa.

Confusões do tipo estão sendo relatadas corriqueiramente nas últimas semanas, com brigas registradas em Calden, Leipzig e em outros centros em Hamburgo. Nesta segunda-feira, um homem teria cometido suicídio num abrigo em Saalfeld, no leste da Alemanha.

As supostas causas das brigas vão desde objetos pessoais roubados à demora excessiva nos chuveiros abarrotados.

PV/dpa/ndr

Leia mais