Catalunha aprova referendo sobre independência | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 06.10.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Espanha

Catalunha aprova referendo sobre independência

Parlamentares regionais autorizam que referendo sobre independência da região seja realizado mesmo sem o aval do governo espanhol. Consulta popular deve acontecer até setembro de 2017.

Protesto em Barcelona para independência da Catalunha

Protesto em Barcelona para independência da Catalunha

A Assembleia Regional da Catalunha aprovou nesta quinta-feira (06/10) que a convocação de um referendo sobre a independência da região, com ou sem o aval do governo espanhol, para ser realizado até setembro de 2017.

A resolução aprovada estabelece que o referendo sobre a independência seja "vinculativo" e celebrado o mais tardar em setembro do próximo ano, com ou sem acordo do Estado.

A decisão foi aprovada com os votos dos separatistas da coligação Juntos pelo Sim e da Candidatura de Unidade Popular (CUP, de extrema esquerda), a abstenção do Catalunha Sim, e o não do Partido Socialista da Catalunha (PSC).

Os deputados do Cidadãos e do Partido Popular da Catalunha (PPC) renunciaram ao voto.  A coligação de esquerda Catalunha Pode (que reúne, entre outros, o Podemos), optou pela abstenção como um gesto de abertura para negociar um acordo com o governo espanhol.

Em novembro de 2014, cerca de 80% dos participantes de uma consulta popular simbólica na Catalunha votaram a favor da independência da região. O resultado fortaleceu a posição dos separatistas. A consulta é usada para justificar e dar peso ao processo de separação da Espanha.

Pesquisas de opinião, realizadas em outras partes do país na época, mostraram, porém, que a maioria dos espanhóis é contra a independência da Catalunha.

CN/efe/lusa

Leia mais