1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Turismo

Castelo Neuschwanstein se moderniza para visitantes

O castelo de conto de fadas da Baviera reestruturou seu programa de visitação para permitir que mais pessoas tenham acesso à excêntrica, deslumbrante e enorme residência de férias do rei Ludwig 2º.

default

O castelo mais famoso do rei Ludwig e principal atração turística da Alemanha

O rei Ludwig 2º da Baviera era um sonhador cuja excêntrica imaginação não era limitada pela realidade. O louco governante, como muitos o chamam, ordenou a construção de castelos e mais castelos – cuja grandiosidade e esplendor acabaram por levá-lo à ruína.

O mais famoso de tal coleção é o Neuschwanstein, localizado no sul da Baviera. Esta atração lidera a lista de pontos turísticos visitados na Alemanha, e é por isso que esforços estão sendo feitos nos últimos anos para facilitar o fluxo de visitantes com um novo sistema de "controle de tráfego".

As longas esperas eram o ponto de maior reclamação entre os visitantes, mas o administrador Klaus Peter Scheck explicou que está havendo mudanças: "Quando o visitante compra um ingresso, recebe um horário de entrada e horário da visita guiada impressos no ticket, junto com o número do tour".

Uma vez refúgio calmo, agora visitado por milhões

BdT Weltwunder Neuschwanstein

Há anos, local deixou de ser um refúgio tranqüilo

O tempo de espera diminuiu, mas os visitantes não podem deixar de calcular 30 minutos para chegar até lá, já que o castelo fica no topo de uma montanha de mil metros de altura.

Aqueles que se aventuram, no entanto, são muito bem recompensados. O objetivo do rei foi construir o "castelo ideal", baseado em antigos castelos de cavaleiros – objetivo que muitos dizem ter sido atingido.

Apesar de ser um local de refúgio para o "desvairado" rei, e não destinado ao público, o Neuschwanstein foi aberto para visitação logo após sua morte, em 1886. Desde então, cerca de 1.2 milhão de pessoas visitam o local por ano, para se encantarem com o ouro, veludo e seda, o kitsch e os objetos de arte que o castelo tem a oferecer.

Uma sala para Richard Wagner

"Há cerca de 90 aposentos, 16 dos quais foram totalmente restaurados", explica Scheck. "A sala mais importante é o Salão dos Cantores (Sängersaal). Historiadores da arte dizem é a razão pela qual o castelo foi construído." Esta ala é ornamentada com candelabros de ouro e dedicada ao compositor Richard Wagner. Cenas de suas óperas, baseadas nas lendas alemãs, adornam as paredes ao longo do castelo.

O rei Ludwig não era conhecido por manter os pés no chão, especialmente no que diz respeito a suas finanças. O Neuschwanstein ultrapassou os limites de seus recursos. Em 1886, aos 40 anos, Ludwig foi interditado por incapacidade e expulso do trono. Pouco depois disso, teria se suicidado.

Castelo moderno desde o começo

Chinesische Touristen in Neuschwanstein

Seis mil pessoas visitam o palácio diariamente

Mas o castelo de conto de fadas do rei segue vivo – sendo visitado por cerca de 6 mil pessoas por dia, na alta temporada.

Além do sistema de hora marcada para o tour, uma nova loja funciona no local. Não apenas suvenires simples, mas itens mais requintados podem ser adquiridos, como as publicações da Administração dos Castelos da Baviera.

Um solução para as longas filas de espera na loja também foi implementada: visitantes versados podem fazer os pedidos online na livraria de internet do castelo.

É natural que o castelo siga com a filosofia high-tech do rei Ludwig. Já em sua época, todos os aposentos eram aquecidos através de um sistema central com ar quente e todos os andares tinham água corrente – um luxo na época.

Mantendo-se com manutenção

Schloß Marienburg

Visitação causa danos ao local

No entanto, mesmo tendo sido construído com equipamentos modernos, isso não impediu o envelhecimento do castelo. "O problema maior são os próprios visitantes, porque eles trazem umidade de fora consigo", disse Scheck. "Todas os têxteis e pinturas murais sofrem com isso." Mas ele acrescenta, por outro lado, que o fato de o castelo não ser aquecido há 130 anos minimiza os estragos.

Além disso, a natureza ao redor também tem que estar em constante manutenção. Os penhascos rochosos onde o castelo está posicionado têm que ser continuamente reforçados, porque o tempo desgasta as pedras calcárias.

Tanto as manutenções regulares quanto as últimas grandes reformas não saem baratas. O Estado da Baviera já gastou mais de 11 milhões de euros nos últimos 15 anos em reformas e com o sistema de "controle de tráfego" de turistas. A quantia pode parecer elevada, mas o Neuschwanstein é também uma ótima fonte de gerar ingressos.

A próxima maravilha do mundo?

Além disso, o investimento pode ser recompensado com algo único: o almejado título de Sétima Maravilha do Mundo. Um ex-integrante da Unesco sugeriu revisar a longa lista de espera de maravilhas e um comitê de especialistas selecionou 21 atrações culturais em todo o mundo, incluindo o castelo.

Até julho de 2007, qualquer pessoa pode votar pelo castelo bávaro através do website www.neuschwanstein.de.

Neuschwanstein como a próxima maravilha do mundo? Talvez seja um pouco louco – mas o rei Ludwig certamente iria adorar a idéia.

Leia mais