1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Casa noturna no Cairo é alvo de ataque

Ao menos 16 pessoas morrem em incêndio na capital egípcia. Informação preliminar indica que divergência entre funcionários do estabalecimento e agressores é motivo do crime.

Ao menos 16 pessoas morreram nesta sexta-feira (04/12) e cinco ficaram feridas num ataque com coquetel molotov contra uma discoteca no bairro de Aguza, no oeste de Cairo.

O jornal estatal al-Ahram informou que agressores mascarados atiraram os explosivos na boate El Sayad. A chama atingiu clientes e funcionários do estabelecimento.

O Ministério do Interior do Egito sugeriu que a boate foi alvejada por causa de uma disputa não especificada.

"Informação preliminar indica que há diferenças entre os funcionários da casa noturna e outros, que jogaram as bombas na porta como vingança", disse o ministério em comunicado.

As vítimas do ataque foram queimadas até a morte ou morreram por inalação de fumaça no estabelecimento. A casa noturna, que também funciona como restaurante, está localizado num porão, não oferecendo nenhuma rota de fuga.

A polícia teria iniciado uma busca pelos três agressores que fugiram do local de moto, noticiou a agência oficial egípcia Mena.

Recentemente, extremistas islâmicos reivindicaram uma série de atentados no Egito, em sua maioria contra membros das forças de segurança, desde que o Exército, em 2013, derrubou o então presidente Mohammed Morsi, membro da Irmandade Muçulmana.

PV/rtr/p/afp/lusa

Leia mais