Casa inteligente será destaque na IFA 2005 | Notícias e análises sobre a economia brasileira e mundial | DW | 11.08.2005
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Casa inteligente será destaque na IFA 2005

Tecnologia digital, convergência dos meios de comunicação e soluções integradas para uso doméstico são as fórmulas mágicas da eletrônica de consumo, mostradas na maior feira mundial do setor em Berlim.

default

Feira promete recorde de público e de novidades


A Feira Internacional de Eletrônica de Consumo (IFA), que acontece a cada dois anos e abre suas portas em Berlim de 2 a 7 de setembro de 2005, promete bater recordes de público, expositores e novidades.

Um total de 1189 empresas e instituições alugaram estandes na IFA, cuja área de exposição aumentou 15% em relação a 2003, mas já está esgotada. Há dois anos, participaram 1034 expositores de 37 países.

A expectativa dos organizadores é que as inovações apresentadas na feira dêem um novo impulso à demanda do setor. Segundo previsões da Sociedade para Eletrônica de Comunicação e Consumo (GFU), o mercado alemão deve superar os 20 bilhões de euros este ano. No primeiro semestre de 2005, o setor cresceu cerca de 10%.

Fim do tédio no engarrafamento

IFA 2005

Campanha de publicidade da Feira Internacional de Eletrônica de Consumo (IFA)

Com slogans como "convergência das mídias", a IFA quer atrair pelo menos 270 mil visitantes. Em foco está a crescente intercompatibilidade entre vários equipamentos produzidos por fabricantes diferentes, resultando em integração total sem complicadas configurações ou programas.

A Intel, por exemplo, vai apresentar o menor computador do mundo, que pode ser instalado no painel do carro e deverá fazer concorrência ao rádio convencional. Ele integra as funções de rádio, telefone, tocador de CD e DVD, sistema de navegação, acesso à internet e console de games, e já é visto como solução contra o tédio (ou as explosões de raiva) no trânsito.

TV de alta definição

Um outro assunto quente será a televisão de alta definição (HDTV), que a emissora privada Premiere quer lançar no outono europeu na Alemanha, com canais de filmes, esportes e documentação. O setor espera que a Copa 2006 sirva de motor para introduzir a nova tecnologia no mercado. Analistas calculam que até 80% dos televisores convencionais em funcionamento no país serão trocados com o advento da HDTV.

A feira trará também as últimas novidades nas áreas de TV, música e fotografia digital. A comunicação sem fio, telas de cristal líquido (LCD) com até 1,6 m de diagonal ou projetores com a tecnologia de diodos luminosos (LED) igualmente estão no programa da exposição.

Viver conectado

Algumas visões futurísticas serão apresentadas e debatidas no fórum científico-tecnológico da IFA. Os departamentos de pesquisa das redes de TV pública da Alemanha e outras grandes instituições do setor mostram tendências como a TV interativa, entretenimento digital e displays 3D.

Os aparelhos multimídia, que combinam funções de comunicação com diversão, começam a invadir as salas de estar, dando origem às chamadas "casas inteligentes e conectadas". A Telekom já apresentou na CeBIT 2005 um protótipo da casa do futuro, que a empresa testa na capital alemã.

A Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK) está organizando uma comitiva brasileira para participar da IFA, informa o site da entidade. Segundo Dinah Worisch Mazzo, diretora do departamento de feiras da AHK em São Paulo, "novidades como a casa inteligente e conectada vão modificar a qualidade de vida e o relacionamento das pessoas em seu próprio ambiente".

Leia mais