Carteira de identidade para estrangeiros causa polêmica no Reino Unido | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 26.11.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Carteira de identidade para estrangeiros causa polêmica no Reino Unido

Autoridades no Reino Unido exibem carteira de identidade, que será obrigatória para estrangeiros residentes. No futuro, documento será emitido para a população em geral, o que gera protestos no país.

default

Autoridades mostram 'ID card', que será obrigatório para estrangeiros residentes na Grã-Bretanha

O Reino Unido deu início na última terça-feira (26/11) a um programa que prevê a obrigatoriedade de carteiras de identidade para estrangeiros, quando as autoridades responsáveis exibiram para a mídia um modelo do futuro ID card. Um dos objetivos das autoridades ao implementar o programa é combater a imigração e o trabalho ilegais, pois será possível, para qualquer empregador, checar o status do imigrante num banco de dados nacional.

As primeiras carteiras serão expedidas para cerca de 50 mil estudantes estrangeiros e cônjuges de britânicos que vivem no país e precisam renovar seus vistos. Mas dentro de alguns anos espera-se que 90% dos estrangeiros residentes no Reino Unido estejam de posse do documento. A carteira de identidade biométrica contém foto, nacionalidade, tipo de visto e impressões digitais – todos os dados armazenados digitalmente num banco de dados.

Experiências negativas

A idéia é a de que o documento seja, a partir de 2011 ou 2012, introduzido também para a população em geral, o que vem causando uma série de protestos no país. Os britânicos têm na memória experiências negativas relacionadas a carteiras de identidade.

Os ID cards foram obrigatórios durante a Primeira Guerra Mundial, para que o governo pudesse verificar o número exato de homens disponíveis para o serviço militar. Suspensas em 1918, as carteiras de identidade foram reintroduzidas durante a Segunda Guerra e continuaram a ser expedidas no país até 1952, quando foram novamente extintas.

Exemplo brasileiro

WM Fußball Brasilien Robinho

Robinho, que joga no Manchester, também terá sua carteira de identidade de estrangeiro

O documento de identidade é relacionado no país a necessidades específicas de controle em períodos de guerra. A mídia britânica costuma citar a América Latina para ilustrar como, em determinadas regiões do mundo, a população já está mais que acostumada a ter que mostrar documentos de identidade em situações corriqueiras.

Ter que apresentar uma carteira de identidade para realizar praticamente qualquer transação financeira, como compras no supermercado pagas com cartão de crédito ou cheque, é para os britânicos simplesmente inconcebível.

Os partidos de oposição e críticos do programa têm até medo de que a obrigatoriedade do documento de identidade venha a afetar a vida cultural do país.

Eles alertam para o perigo de que a imagem do Reino Unido seja arranhada no exterior, lembrando que celebridades como o ator norte-americano Kevin Spacey, a cantora Madonna ou o jogador de futebol brasileiro Robinho, que joga pelo Manchester City, também terão que entrar com um pedido oficial de carteira de identidade para poder exercer suas profissões no Reino Unido. Um verdadeiro absurdo, na opinião de muitos britânicos.

Leia mais