1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Carta-bomba endereçada a presidente alemão é interceptada

Correspondência com substância altamente explosiva foi encontrada durante controle de rotina e detonada de forma controlada do lado de fora do Palácio Bellevue. Joachim Gauck não correu riscos.

Uma carta com material explosivo endereçada ao presidente da Alemanha, Joachim Gauck, foi descoberta nesta sexta-feira (19/04) durante uma checagem de rotina no Palácio Bellevue, em Berlim, e foi detonada de forma controlada por peritos da polícia.

A detonação foi realizada num parque do lado de fora da residência presidencial. Gauck não estava no palácio no momento da explosão e, segundo porta-vozes da Presidência, jamais chegou a ter contato com a carta. Ainda não há informações sobre o remetente.

Segundo o jornal Die Welt, a carta continha hexametileno-triperóxido-diamina (HMTD), um composto químico orgânico altamente explosivo.

Marienfelde 60 Jahre Gedenkfeier Bundespräsident Joachim Gauck

O presidente alemão, Joachim Gauck

Em 2010, uma carta-bomba foi interceptada no escritório da chanceler federal Angela Merkel. Na época, um grupo anarquista grego reivindicou responsabilidade pela tentativa de atentado frustrada.

A descoberta da carta a Gauck chega num momento de renovada tensão no Ocidente por terrorismo. Após o atentado da Maratona de Boston, diversas cidades europeias reforçaram a segurança. Na quarta-feira, o serviço secreto americano interceptou uma carta envenenada endereçada ao presidente dos EUA, Barack Obama.

RPR/dpa/afp

Leia mais