1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Turismo

Cartões postais têm tradição na Alemanha

Um singelo souvenir, sinal de afeição: cartões postais resistem à tecnologia e continuam sendo parte obrigatória de qualquer viagem. Na Alemanha, eles têm tradição de mais de um século.

default

Alguém pensou em você...

Por mais que a tecnologia nos permita muito mais, são poucos os que conseguem resistir à tentação de escolher um cartão postal e enviá-lo a um amigo durante uma viagem. Os cartões, que podem trazer estampadas as mais variadas imagens ou apenas palavras perdidas, remontam a uma tradição que teve início na Alemanha do fim do século 19.

Mais que apenas uma lembrança

29.04.2005 euromaxx quiz Themenbild

Cartões refletem situação social

Cartões postais sempre expressaram muito mais que apenas um "pensei em você". Eles refletem a situação social e o espírito dos tempos. Isso é o que desperta o interesse de colecionadores. Na Alemanha, cartões postais são um dos objetos mais procurados em mercados de pulgas, livrarias, feiras e leilões virtuais.

O colecionador Igor Adolph começou com uma pequena coleção de selos e carimbos durante a infância e hoje possui uma vasta coleção de cartões postais. Um hobby ao qual ele se dedica há 20 anos. A princípio, Adolph vendia apenas livros e vídeos sobre cartões postais. Hoje, os grandes destaques de sua coleção são verdadeiras antigüidades com os mais variados carimbos, como "destinatário desconhecido" ou "recusado".

Seu trabalho se estende por diversas páginas na internet, nas quais ele apresenta seu acervo. Uma delas é o Hall da Fama de Cartões Postais, uma coleção de cartões de alto valor de mercado, que custam mais de 50 euros cada.

Origem dos cartões postais

A idéia de um cartão para ser enviado foi introduzida em 1865 por Heinrich von Stephan, então diretor-geral do serviço de correios do Império Alemão. A proposta, no entanto, foi negada, pois muitos acreditavam que sua privacidade poderia ser invadida, já que qualquer um poderia ler a mensagem escrita no verso da carta.

Mas os austríacos viram com bons olhos o novo meio de comunicação. O chamado "cartão de correspondência" foi aceito em 1869. Um ano mais tarde, as regiões alemãs da Baviera, Württtemberg e Baden também reconheceram o formato.

BdT Postkarte 44 Jahre unterwegs

Carimbos de retorno, entre outros, elevam valor de mercado

Não levou muito tempo para que a Alemanha se tornasse líder na produção de cartões postais. Ainda no mesmo ano, o primeiro cartão postal impresso legalmente foi desenhado por August Schwarz, ilustrando uma artilheria alemã carregando munição em um canhão.

Logo, também artistas começaram a se interessar pelo negócio com cartões. A comunidade de artistas Wiener Werkstätte publicou mais de 900 cartões artísticos entre 1908 e 1915, treze dos quais desenhados por Oskar Kokoschka.

Registrados com números de série, todos eles possuem hoje um alto valor de mercado entre colecionadores. Na Europa, o preço mais alto obtido através da venda de um cartão postal foi 11 mil euros em 2003.

Ascensão e queda

Erster Weltkrieg Postkarte

Postais perderam público após a Primeira Guerra Mundial

O interesse crescente pelo turismo no começo do século 19 gerou uma mania de cartões postais, que alcançaram seu ápice em 1903 na Alemanha, época em que algumas oficinas imprimiam até 100 motivos diferentes diariamente.

Como até 1905 só era permitido na Alemanha usar a face dianteira do cartão para escrever o nome do destinatário e nada mais, a mensagem tinha que ser espremida em uma faixa branca ao lado da imagem – motivo pelo qual a maioria das pessoas resumia sua mensagem a "Lembranças de...". A partir de 1906, um espaço em branco passou a ser reservado para a mensagem na lateral esquerda da face dianteira do cartão.

Mas, após a Primeira Guerra Mundial, quando telefones se tornaram comuns e muitos países dobraram seus preços de postagem, o interesse por cartões postais começou a diminuir, registrando sua maior fase de queda.

Leia mais