1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Carros para sonhos de todos os tamanhos

Na 75ª edição do Salão do Automóvel de Genebra, grandes montadoras mesclam tecnologia e muito conforto com automóveis de pequeno porte e baixo custo. Evento lembra 100 anos de progresso automobilístico.

default

Novo Passat é o destaque da Volkswagen

Foi-se o tempo em que o Salão do Automóvel de Genebra, na Suíça, era sinônimo apenas de sofisticação e tecnologia. Em meio à crise no mercado automobilístico europeu, que registrou queda de 0,8% nas vendas em janeiro deste ano, o quesito preço passou a ganhar importância para as montadoras, que neste ano mesclam modelos populares com impressionantes novidades tecnológicas.

Prova disso é o fato de o grupo francês Peugeot-Citroën aproveitar a 75ª edição do evento, que abre suas portas nesta quinta-feira (03/03), para lançar seu novo modelo popular, o Peugeot 107, disponível a partir de 8 mil euros. A previsão é de que a Toyota e a Ford também anunciem novidades no segmento.

BMW: otimismo em 2005

Bildgalerie 100 Jahre Automobiler Fortschritt 75. Auto-Salon, Genf Plakat 2005 75. Autosalon Genf

Cartaz da atual edição do evento

As montadoras alemãs também se esforçam para encontrar uma alternativa para reaquecer as vendas. A BMW anunciou dois novos modelos: pelo menos um deles deverá ser fabricado na Alemanha, o que pode ser visto como uma manobra para evitar as críticas feitas contra empresas que transferem sua produção para países de mão-de-obra barata.

A empresa encara 2005 com um certo otimismo, após os bons resultados registrados no ano passado – 1,2 milhão de carros vendidos, o que representou um crescimento de 9,4% em relação ao ano anterior.

A BMW anunciou também sua entrada no mercado de crossovers – modelos que podem ser usados tanto na cidade quanto em terrenos irregulares –, hoje dominado pela japonesa Honda Acura. Os primeiros veículos devem sair das linhas de montagem em 2008.

Os visitantes do Salão também poderão conferir a nova geração do BMW Série 3, lançado originalmente nos anos 80 e completamente remodelado.

Cadillac, a velha paixão

Com a imagem danificada pela ameaça de corte de 10 mil empregos na Alemanha, a norte-americana General Motors – conhecida na Alemanha como Opel – também trouxe novidades para Genebra. Para abafar os efeitos da difícil reestruturação econômica, a empresa lançará novas versões do Zafira OPC e do Astra OPC, com ênfase na segurança do motorista em caso de acidentes.

A GM apresentará também o Cadillac BLS, uma nova opção para o mercado de luxo europeu, tentando reacender a paixão dos admiradores do tradicional modelo. O novo Cadillac terá um design mais moderno e um motor mais potente e mais econômico. Mas certas tradições serão mantidas: o modelo terá 5,5 metros de comprimento por 2 metros de largura.

Audi aposta em potência

A principal novidade da Volkswagen, que em 2004 teve de amargar uma perda de mercado para a BMW, é a nova versão do Passat. O modelo ganhou alguns detalhes que antes eram exclusivos ao carro de luxo Phaeton.

Genfer Auto-Salon Audi RS 4

O RS4, da Audi

Já a Audi apresenta o novo RS4, tentando atrair o comprador interessado em mais potência: com 420 cavalos, o veículo pode atingir uma velocidade de 100 km/h em apenas 4,8 segundos.

A DaimlerChrysler, por sua vez, vai mostrar a "plástica" feita em um de seus mais tradicionais veículos, o Jeep Cherokee. A Fiat apresenta a nova versão da perua Croma, com 4,75 metros de comprimento, mostrando a aposta da marca em modelos cross country. A Ford traz novidades em dois de seus maiores sucessos de venda, o Focus e o Ka, reforçando seu interesse no segmento de automóveis de baixo custo.

O meio ambiente agradece

Em termos de tecnologias limpas, o protótipo Senso, apresentado em conjunto pela empresa de design Rinspeed e pela Bayer Material Science, promete ser a principal novidade. Totalmente ecológico, ele funciona com gás natural e sua carroceria é toda construída com matérias-primas renováveis.

Leia mais