Carro elétrico faz 600km e bate recorde de percurso sem recarga | Novidades da ciência para melhorar a qualidade de vida | DW | 27.10.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Ciência e Saúde

Carro elétrico faz 600km e bate recorde de percurso sem recarga

Pela primeira vez, um carro elétrico não-protótipo conseguiu fazer um percurso de mais de 600 quilômetros sem recarregar a bateria. A viagem de Munique a Berlim foi saudada pelo governo alemão como um "divisor de águas".

default

Automóvel de firma alemã viajou de Munique a Berlim

Seiscentos quilômetros sem ter que recarregar: um carro elétrico partiu de Munique em direção a Berlim, chegando à capital alemã nesta terça-feira (26/10). A distância percorrida pelo Audi A2 adaptado é a maior já realizada sem recarga por um automóvel comum (que pode ser usado no dia a dia), afirmam os responsáveis pelo experimento.

Segundo a empresa de tecnologia berlinense DBM Energy e a distribuidora de energia Lekker Energie, o carro estava equipado como um automóvel comum. Possui quatro assentos, ar-condicionado, airbag e freios ABS. Em média, o automóvel fez 90 km/h.

O percurso de longa distância só foi possível através de uma tecnologia inovadora de acumuladores elétricos, que foi instalada no automóvel, informaram as empresas. Há pouco tempo, uma empilhadeira com baterias semelhantes conseguiu funcionar durante 32 horas seguidas. Normalmente, equipamentos desse tipo funcionam somente por oito horas.

Rainer Brüderle Veranstaltung zum Internationalen Tag der Elektromobilität

Ministro Rainer Brüderle (e) festejou recorde

Fase de testes encerrada

O ministro alemão da Economia, Rainer Brüderle, festejou a viagem recordista mundial como um "divisor de águas". Após a chegada do automóvel ao pátio de seu ministério, Brüderle disse que agora se trata de transformar essa "proeza made in Berlin " num sucesso mundial.

O ministro afirmou ainda que a Alemanha provou, mais uma vez, ser líder mundial nesse tipo de tecnologia. "O recorde mundial de longo percurso mostra que distâncias de 600 quilômetros não são mais utopia com um carro elétrico."

O diretor da Lekker Energie Thomas Mecke disse que a fase de testes está encerrada e que agora as vendas terão início. Ou seja, trata-se de convencer também grandes empresas dos usos da nova tecnologia.

Segundo informações da empresa, a bateria à base de lítio-metal-polímero pode percorrer até 500 mil quilômetros antes de ser trocada. Ela ainda não está à venda e deverá agora ser preparada para a produção em série.

Trabalhando dia e noite

O chefe da DBM, Mirko Hannemann, explicou que, antes de bater o recorde mundial de percurso, 50 especialistas aprimoraram a tecnologia durante seis semanas, trabalhando quase 24 horas por dia.

Muitos observadores externos não acreditavam no sucesso do empreendimento, já que se trata de uma empresa muito jovem, disse o empresário de 27 anos.

O projeto recebeu o apoio do Ministério alemão da Economia. Em seu plano de desenvolvimento da eletromobilidade, o governo alemão planejara somente para 2015 viagens de mais de 300 quilômetros sem recarga, por meio de carros elétricos apropriados para o uso diário.

Testes semelhantes de longo percurso já foram realizados com protótipos. Em maio passado, o Japan Electric Vehicle Club conseguiu fazer com que um carro elétrico viajasse mil quilômetros sem recarga de bateria. Esse automóvel, no entanto, não pode ser usado no cotidiano.

Até 2020, o governo alemão quer pôr 1 milhão de carros elétricos nas ruas. Além da proteção climática, o encarecimento do petróleo desempenha cada vez mais um papel fundamental em tal decisão. Berlim descarta, todavia, bônus estatais para compradores como forma de impulsionar a eletromobilidade.

Autor: Arne Lichtenberg (ca)
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais