1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Cargueiro alemão com armamentos iranianos é detido antes de chegar à Síria

Desertores sírios informaram companhia alemã dona da embarcação sobre o carregamento de munição para as tropas de Assad. Navio deveria aportar na cidade síria de Tartus e teve rota desviada.

Um navio cargueiro alemão carregado com armamentos do Irã foi barrado pouco antes de alcançar o porto da cidade síria de Tartus, no Mar Mediterrâneo, informou o site da revista alemã Der Spiegel neste sábado (14/04). A embarcação havia sido carregada alguns dias antes no porto de Djibuti, no nordeste da África, e deveria ter chegado à Síria na sexta-feira.

De acordo com a Der Spiegel, o cargueiro Atlantic Cruiser da companhia de navegação alemã Bockstiegel levava à bordo "equipamentos militares e munição pesados" para as tropas do presidente da Síria, Bashar al-Assad. Desertores ligados às autoridades sírias detectaram a embarcação e alertaram a companhia.

Após o alerta, o navio desviou sua rota na tarde desta sexta-feira e rumou para o "insuspeito" porto turco de Iskenderun, também no Mar Mediterrâneo, reportou o Spiegel. A cerca de 80 quilômetros a sudeste de Tartus, o cargueiro parou e ficou navegando em círculos durante algumas horas.

A embarcação fora alugada para a empresa ucraniana White Wale Shipping, que declarara transportar "bombas hidráulicas e similares". Por enquanto, o navio de 6.200 toneladas permanecerá parado onde está.

Em decorrência da violência praticada pelo governo sírio contra os opositores do regime, os países da União Europeia (UE) impuseram diversas sanções a Damasco, incluindo o embargo de armas. Um embargo de armas à Síria por parte das Organizações das Nações Unidas (ONU) foi vetado pela Rússia.

LPF/ afp/ dapd
Revisão: Augusto Valente

Leia mais