1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

Capoeira como ponte para o português

Aula de capoeira não é mais novidade na Europa. Junto com a prática do esporte, alunos europeus se interessam em estudar a língua portuguesa.

default

Alemães em aula de capoeira na Alemanha

Hoje em dia, já é muito comum encontrar academias de capoeira em diversos lugares da Europa, inclusive em pequenas cidades. Um dos países onde a capoeira vem se expandindo é a Alemanha. Porém, os alunos vêm se interessando também em aprender a língua-mãe da "dança".

É o caso do estudante de Ciências Regionais da América Latina, Ivan Jung, 30. Ele esteve no Brasil nos anos 90 e lá aprendeu capoeira. Hoje, colaborador da Companhia Pernas Pro Ar, em Colônia, ele afirma que foi o esporte que o levou a conhecer mais a fundo a língua portuguesa.

Capoeira in Deutschland

Roda de capoeira nas ruas de Colônia

"Tenho que falar em português com o meu mestre [referindo-se às aulas de capoeira], e sempre há alguém do Brasil aqui, então dessa forma posso praticar o português por causa da capoeira."

Ivan comparou português e alemão. Para ele, alemão é uma "língua boa para pensar, mas não é bonita para ouvir". Já o português, em sua opinião, é uma língua "mais suave e melodiosa". Ele enfatizou que, no português, usa-se muito a imaginação, pois "uma palavra pode ter muitos significados", disse Ivan, que sabe tocar todos os instrumentos utilizados na prática da capoeira.

Um dos instrutores brasileiros da companhia em Colônia, Rodrigo de Lima, que há quatro anos dá aulas de capoeira na Alemanha, disse que o fato de as aulas serem dadas em português, e de os nomes dos golpes e dos instrumentos também não terem nome em alemão, faz com que o aluno se interesse em aprender a "língua materna" da capoeira conseqüentemente.

"Automaticamente, se o aluno se interessa pela capoeira, se interessa pela língua também", afirmou o instrutor.

Letras das canções

Capoeira in Deutschland

Praticando capoeira em frente à Catedral de Colônia

Também aluna da companhia, Alicia Spengler, que já estudou no Brasil, disse que sempre teve contato com a língua porque tem amigos brasileiros que moram na Alemanha. Porém, foi a capoeira um dos motivos para continuar estudando o português. "Dessa forma, posso acompanhar as letras das músicas da capoeira", disse ela. "Capoeira é tudo para mim. É uma maneira de levar a vida", enfatizou.

A Companhia Pernas Pro Ar, atua nas cidades de Colônia, Düsseldorf, Wuppertal, Hagen e Dortmund, oeste da Alemanha, e conta com 250 alunos. O grupo ainda mantém escolas de capoeira na Polônia e na Grécia, além do Brasil.

Leia mais

Links externos