1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Cantores da Estrela são tradição beneficente do Dia de Reis na Alemanha

Todos os anos, meio milhão de crianças saem às ruas da Alemanha para pedir doações em prol de menores em países pobres. Fantasiadas de Reis Magos, elas formam a maior ação infantil de solidariedade do mundo.

Nos dias em torno do 6 de janeiro, cerca de 500 mil crianças em toda a Alemanha saem pelas ruas para cantar em residências e escritórios, coletar doações e também deixar a bênção "C+M+B" ("Christus mansionem benedicat - Cristo abençoe esta casa") para cada família. As iniciais também representam os nomes dos Três Reis Magos em alemão (Caspar, Melchior e Balthasar). Além das doações, geralmente as crianças recebem doces como presente.

A tradição relembra a história bíblica dos Reis Magos do Oriente, que levaram incenso, mirra e ouro de presente ao Menino Jesus. De acordo com a história, os reis foram guiados por uma estrela até a manjedoura com o bebê. Por isso, as crianças alemãs carregam uma estrela como símbolo.

Na Alemanha, a tradição começou em 1959, de forma modesta, mas hoje é considerada a maior campanha de solidariedade feita por crianças com o objetivo de ajudar outras crianças em todo o mundo. Centenas de milhões de euros já foram doados e direcionados para projetos de assistência social a crianças na África, na América Latina, na Ásia, na Oceania e na Europa Oriental, especialmente voltados para a educação, saúde, nutrição e auxílio às crianças com necessidades especiais.

Deutschland Sternsinger Auftakt der Aktion Dreikönigssingen in Würzburg

Milhares de crianças em todo o país participam da tradição religiosa

Conscientização

Todos os anos, a Infância Missionária alemã e a União da Juventude Católica Alemã (BDKJ) preparam para as crianças um material com informações sobre os direitos das crianças e o destino da doação. Este ano a nação apresentada foi a Tanzânia, localizada na África.

"Nós sempre fazemos uma preparação em dezembro e mostramos um filme às crianças, para que elas saibam um pouco mais sobre o país apresentado", diz Marion Gerdes, responsável pela tradição na comunidade St. Elisabeth, de Osnabrück. Assim, as crianças ficam conscientes da importância do trabalho e sabem exatamente para onde vai o dinheiro doado.

"Na Tanzânia fala-se suaíli e, em vez de dizer 'olá', as pessoas dizem 'jambo'. Elas precisam de ajuda porque há poucos hospitais, médicos e medicamentos", comenta uma das crianças.

Apesar de a ação acontecer tradicionalmente no início do ano, a Infância Missionária alemã atua no projeto ao longo de todo o ano, oferecendo informações sobre a pobreza no mundo para que as crianças alemãs possam refletir sobre a própria situação.

Adolescentes têm a oportunidade de atuar como voluntários, durante um ano, em um dos projetos ao redor do mundo. Além disso, no site dos Cantores da Estrela há informações sobre o destino do dinheiro arrecadado e a situação das crianças em países pobres.

Compromisso político

Kanzlerin Merkel und die Sternsinger vom 04.01.2013

Visita à chanceler federal Angela Merkel na campanha de 2013

Além de bater de porta em porta, todos os anos um grupo de cada uma das 27 dioceses da Alemanha vai a Berlim para cantar, defender os direitos da criança e levar a benção divina à chancelaria federal. Na campanha de 2012, a chanceler federal Angela Merkel se mostrou impressionada com a mensagem transmitida pelos pequenos visitantes e disse que eles são um "exemplo brilhante” para a sociedade.

As crianças têm consciência da importância da ação. "Com o dinheiro arrecadado podemos realmente salvar vidas”, comenta outro integrante do grupo. Além de uma tradição religiosa, a ação dos Cantores da Estrela é também uma luta pelos direitos da criança em todo o mundo.

Autor: Susanne Haverkamp (fa)
Revisão: Alexandre Schossler

Links externos