1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Cacau desmonta o Bayern e Diego marca gol histórico

Com dois gols de Cacau, Stuttgart praticamente elimina o Bayern de Munique da próxima Liga dos Campeões. Diego marca "gol do ano" para o Bremen e Marcelo Bordon ajuda o Schalke a manter a liderança do campeonato.

default

Cacau quebrou o mito do 'Bayern eternamente campeão'

Três brasileiros foram os destaques da 30ª rodada da Bundesliga, neste fim de semana. Cacau desmontou o "mito do Bayern de Munique", Diego marcou um gol com chute de mais de 60 metros de distância para o Werder Bremen e o zagueiro Marcelo Bordon deixou o Schalke mais próximo do título.

A derrota do Bayern de Munique em Stuttgart por 2 a 0, no sábado (21/04), não foi necessariamente uma surpresa, mas vai entrar para a história do futebol alemão. Já eliminados da Copa da Alemanha, os bávaros perderam seu oitavo jogo fora de casa na Bundesliga 2006/2007 e tudo indica que não serão campeões alemães desta temporada.

Se seus concorrentes diretos – Schalke, Bremen e Stuttgart – não errarem demais nas quatro rodadas restantes, o Bayern sequer disputará a próxima Liga dos Campeões, o que significaria o fim de uma era.

Depois de conquistar sete vezes o título alemão nos últimos dez anos, pela primeira o clube de Munique ficaria sem a receita e o prestígio da melhor liga do mundo e teria de se contentar com a disputa da Copa da Uefa.

O outro candidato a uma vaga nesse torneio europeu é o Bayer Leverkusen, cujo capitão Bernd Schneider atravessa uma excelente fase e marcou os dois gols da vitória sobre o Nürnberg.

O fim do "grande Bayern"

Quem acabou com o "mito do Bayern de Munique eternamente campeão" foi o brasileiro Cacau, autor dos dois gols do Stuttgart. No primeiro, aos 23min do primeiro tempo, ele teve sorte: o zagueiro Lell tentou afastar um cruzamento, a bola bateu na cabeça de Cacau e foi para o fundo das redes. Dois minutos depois, o atacante brasileiro aproveitou um cruzamento de Khedira para marcar seu 12º gol na temporada.

"Desse jeito, não podemos ganhar jogo algum na Bundesliga. Assim não pode continuar. Está na hora de uma grande ruptura. Precisamos montar uma equipe (quase) nova. Esta temporada fracassada só terá tido algo positivo, se aproveitarmos a chance para um recomeço", escreveu o presidente do Bayern, Franz Beckenbauer, em sua coluna no jornal Bild , nesta segunda-feira.

Schalke, Bremen e Stuttgart brigam pelo título

Bundesliga Schalke vs. Cottbus 21.07.2007

Bordon (ao centro) comemora o gol com Lincoln e Hamit Altintop

A pior temporada do Bayern nos últimos dez anos é a grande chance das três equipes que se encontram no topo da tabela. O Stuttgart (3º colocado) e o Werder Bremen (2º), ambos com um futebol ofensivo e empolgante, e o calculista Schalke (1º) disputam o título.

O Schalke contou com uma boa dose de sorte para continuar na liderança. O primeiro gol no jogo contra o Cottbus, no sábado, foi marcado contra, por Rost. Numa cobrança de escanteio por Lincoln, Marcelo Bordon subiu mais que a zaga adversária e marcou de cabeça o gol que fechou o placar de 2 a 0 e levou o Schalke a 62 pontos, dois à frente do Bremen.

Mas o gol mais bonito da rodada e, provavelmente, desta temporada foi marcado por Diego, na sexta-feira (20/04). Invicto há 12 partidas, o Bremen foi surpreendido por um gol do Alemannia Aachen logo no começo do jogo, mas os "coringas" Jensen e Rosenberg viraram o placar para 2 a 1 no início da segunda etapa.

Bundesliga Bremen vs. Aachen - Diego

Diego (d) assinalou o 'gol do ano' nos acréscimos

A partida continuou disputada palmo a palmo até o final. Nos acréscimos, o Aachen foi com tudo para o ataque na tentativa de ainda conseguir o empate. Mas a bola sobrou para Diego que, vendo o goleiro Nicht adiantado, mandou um chute da intermediária do Bremen. A bola pingou na área adversária, bateu no travessão e foi para as redes. "Foi um dos meus gols mais bonitos e difíceis", disse o meia brasileiro. Para a mídia alemã foi o "gol do ano".

Bundesliga de duas classes

A 30ª rodada confirmou mais uma vez a tendência à divisão da Bundesliga em duas classes. Enquanto três clubes ainda disputam o título, 12 lutam contra o rebaixamento. Entre o sétimo colocado (Hertha Berlim, com 38 pontos) e o 16º (Alemannia Aachen) há apenas cinco pontos de diferença.

Depois de seis rodadas sem vitória, o Hannover derrotou o Borussia Mönchengladbach por 1 a 0 e agora ocupa a nona posição na tabela. O Gladbach, que somou apenas 25 pontos em 30 rodadas, já está com um pé na Segunda Divisão.

O Mainz, que iniciara de forma fulminante o returno, cedeu um empate de 2 a 2 para o Hamburgo (10º colocado) no domingo, continua na zona de rebaixamento, mas ainda tem chances de permanecer na Primeira Divisão.

Na luta contra o rebaixamento, a equipe de maior prestígio é o Borussia Dortmund. Com uma média de 72.780 torcedores por jogo, o clube da região carbonífera alemã só perde em termos de torcida na Europa para o Manchester United (média de 75.829 torcedores por partida).

No último sábado, a equipe dos brasileiros Dedé e Tinga derrotou o Hertha Berlim por 1 a 0 na capital alemã e, até a próxima rodada, respira aliviada em 13º lugar na tabela, com 35 pontos, mas sua salvação do rebaixamento ainda não está garantida. Só uma coisa é certa: a atual temporada da Bundesliga continua disputadíssima nos dois extremos da tabela.

Leia mais