1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Cães Rottweiler matam criança de 6 anos

Ataque começou durante brincadeira no bosque. Tragédia deve reabrir o debate público sobre a periculosidade de determinadas raças de cães.

A tragédia aconteceu, na quinta-feira, num bosque em Hornbach, no Estado da Renânia do Palatinado, próximo à fronteira com a França. O garoto de seis anos havia saído para passear com uma amiga de 37 anos e um casal de cães Rottweiler.

Enquanto brincavam, o menino caiu no chão, sendo mordido em seguida pela cadela, que estava sem correia. O macho livrou-se da coleira juntando-se no ataque à criança. A mulher ainda tentou intervir, optando em seguida por buscar ajuda, mas já era tarde.

Os dois animais pertenciam à mesma ninhada e possuíam oito meses de idade. Ambos foram mortos ainda no mesmo dia com a aplicação de injeções, por vontade do dono, companheiro da mulher de 37 anos.

Polêmica reaberta – O episódio deve reabrir na Alemanha a polêmica sobre os cães considerados perigosos, a exemplo do que aconteceu em junho de 2000, quando o menino Volkan, também de seis anos, foi destroçado em Hamburgo por dois cachorros. O dono dos animais – mortos imediatamente a tiros ainda no local da tragédia – foi condenado a três anos de prisão, por homicídio culposo.

Na ocasião, a discussão resultou em leis mais rigorosas quanto ao uso de focinheiras e coleiras em cães tidos como violentos, assim como à necessidade dos donos terem conhecimentos especializados sobre seus animais. Além disto, tornou-se proibido o comércio e criação de algumas raças.

Definição de perigoso – As regras variam, porém, conforme o estados. Na Renânia do Palatinado, por exemplo, Rottweiler não é considerado necessariamente como animal perigoso. Somente o cão que comportar-se comprovadamente de forma violenta (mordidas, caça a animais selvagens ou pulos agressivos em direção a pessoas) passa a ser equiparado às raças Pitt Bull Terrier, American Staffordshire Terrier e Staffordshire Bullterrier, cuja criação no estado só é permitida sob vigilância.

Na Baviera, no entanto, o Rottweiler é qualificado como raça perigosa para o homem e outros animais "em função de seus músculos e mordida fortes, assim como por seu temperamento". No ranking de mordidas mantido pela Conferência dos Municípios Alemães, o Rottweiler ocupa o terceiro lugar. Nos EUA, novos estudos apontam a raça até mesmo como líder em mordidas fatais.

Links externos