1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Busca por destroços de avião prossegue na ilha de Reunião

Moradores fazem pente-fino nas praias da ilha francesa depois que pedaço de asa de um Boeing 777 foi localizado, mas autoridades dizem que nenhum dos novos objetos encontrados é de um avião.

default

Policiais levam, dentro de uma caixa metálica, objetos encontrados por moradores na ilha de Reunião

A busca por novos destroços que permitam esclarecer o mistério do voo MH370 prossegue na ilha francesa de Reunião, no Oceano Índico, após as autoridades terem descartado a possibilidade de pedaços de metal encontrados neste domingo (02/08) pertencerem ao Boeing 777 desaparecido.

O voo MH370 da Malaysia Airlines desapareceu durante a noite de 8 de março de 2014, quando sobrevoava o Mar da China Meridional, depois de ter mudado de rota, quando se dirigia de Kuala Lumpur para Pequim, com 239 pessoas a bordo.

As operações de busca não tiveram qualquer resultado até a semana passada, quando foi encontrado um pedaço de asa de um Boeing 777 em Reunião. Desde então, os moradores passaram a pente fino as praias da ilha francesa.

Este domingo, eles entregaram diversos objetos à polícia. Um morador achou um fragmento de alumínio de 70 centímetros que suspeitou ser parte de uma porta de avião. As autoridades, porém, disseram que nenhum dos objetos encontrados é de uma aeronave.

A Malásia pediu atenção às autoridades dos países do Oceano Índico próximos à ilha de Reunião para a possível aparição de novos destroços do avião da Malaysia Airlines, cujo sumiço continua a ser um dos grandes mistérios da aviação.

Até hoje o aparelho não foi encontrado, e as autoridades malaias declararam, em janeiro, todos os passageiros como mortos.

AS/lusa/afp

Leia mais