1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Bundestag aprova documentação para refugiados

Câmara baixa do Parlamento alemão decide implementar documento de identificação a requerentes de asilo para evitar fraudes e múltiplos registros. Sistema integrado de informações começa a funcionar em fevereiro.

default

Ministro alemão do Interior, Thomas de Maizière, apresenta modelo de cartão de identificação de refugiados

O Bundestag (câmara baixa do Parlamento alemão) aprovou nesta quinta-feira (14/01) a emissão de documentos para refugiados. A identificação vai conter as digitais e detalhes como o país de origem, o estado de saúde, qualificações e religião.

Um sistema centralizado de informações vai permitir que todas as agências do governo alemão tenham acesso aos dados. De acordo com o Serviço Federal de Migração e Refugiados, a distribuição dos requerentes pelo país será facilitada com o dispositivo, por conter o endereço de residência na Alemanha.

A nova lei aprovada pelos parlamentares, com o aval prévio da chanceler federal alemã, Angela Merkel, tem o objetivo de monitorar os refugiados, além de evitar fraudes e múltiplos registros, depois de 1,1 milhão de requerentes de asilo terem entrado no país em 2015.

A partir de fevereiro, todos os solicitantes de refúgio vão receber um cartão de identificação com as informações necessárias para o pedido de asilo. A expectativa é que o novo sistema seja implantado integralmente até o fim do primeiro semestre deste ano.

O comissário de Migração da União Europeia (UE), Dimitris Avramopoulos, afirmou nesta quinta em Bruxelas que a crise migratória está "ficando pior". Segundo ele, um colapso do Acordo de Schengen, que permite livre circulação de cidadãos europeus no bloco, seria o "início do fim do projeto europeu."

KG/dpa/ots

Leia mais