1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Bundesliga tem 52 jogadores em 22 seleções da Copa

Times como Togo e Coréia do Sul, por exemplo, também contam com atletas que atuam no Campeonato Alemão.

default

Nada menos do que 52 atletas que disputam a Bundesliga estarão em campo na Copa do Mundo da Alemanha vestindo a camisa de 22 seleções diferentes.

Só a Suíça, por exemplo, convocou sete jogadores que atuam no Campeonato Alemão. Os vizinhos alemães são os que mais têm atletas nesta condição. O Brasil, quarto colocado, tem quatro jogadores atuando na Bundesliga.

Até seleções de pouca expressão, como Togo, Costa do Marfim e Coréia do Sul, têm entre os seus convocados atletas que vêm de clubes da Alemanha. Na seleção de Klinsmann, apenas dois dos 23 atletas são do exterior: o goleiro Lehmann, do Arsenal, e o meia e capitão Ballack, agora no Chelsea.

Suíça (7): Christoph Spycher (Eintracht Frankfurt), Ludovic Magnin (Stuttgart), Philipp Degen (Borussia Dortmund), Ricardo Cabanas (Colônia), Raphael Wicky (Hamburgo), Tranquillo Barnetta (Bayer Leverkusen), Marco Streller (Colônia)

República Tcheca (5): Tomas Rosicky, Jan Koller (ambos Borussia Dortmund), David Jarolim (Hamburgo), Jan Polak (Nurembergue), Jiri Stajner (Hannover)

Croácia (5): Josip Simunic, Niko Kovac (ambos Hertha Berlin), Marko Babic (Bayer Leverkusen), Jurica Vranjes, Ivan Klasnic (ambos Werder Bremen)

Brasil (4): Lucio, Zé Roberto (ambos Bayern de Munique), Juan (Bayer Leverkusen), Gilberto (Hertha Berlin)

Irã (4): Mehdi Mahdavikia (Hamburgo), Ferydoon Zandi (Kaiserslautern), Ali Karimi (Bayern de Munique), Vahid Hashemian (Hannover)

P araguai (3): Julio Dos Santos, Roque Santa Cruz (ambos Bayern de Munique), Nelson Valdez (Werder Bremen)

Gana (3): Hans Sarpei (Wolfsburg), Otto Addo (Mainz), Atthew Amoah (Borussia Dortmund)

Polônia (2): Jacek Krzynowek (Bayer Leverkusen), Euzebiusz Smolarek (Borussia Dortmund)

Holanda (2): Khalid Boularouz, Rafael van der Vaart (ambos Hamburgo)

Sérvia e Montenegro (2): Mladen Krstajic (Schalke), Danijel Ljuboja (Stuttgart)

Estados Unidos (2): Kasey Keller (Bor. Mönchengladbach), Steve Cherundolo (Hannover)

Togo (2): Karim Guédé (Hamburgo), Assimiou Touré (Bayer Leverkusen)

Tunísia (2): Jawhar Mnari, Adel Chedli (Nurembergue)

Inglaterra (1): Owen Hargreaves (Bayern de Munique)

Suécia (1): Fredrik Stenman (Bayer Leverkusen)

Costa do Marfim (1): Guy Demel (Hamburgo)

Portugal (1): Fernando Meira (Stuttgart)

Austrália (1): Joshua Kennedy (Dynamo Dresden)

Japão (1): Naohiro Takahara (Hamburgo)

França (1): Willy Sagnol (Bayern de Munique)

Coréia do Sul (1): Ahn Jung-Hwan (Duisburg)

Ucrânia (1): Andrej Woronin (Bayer Leverkusen)