Bundesliga tem 52 jogadores em 22 seleções da Copa | Fique informado sobre tudo o que acontece na Copa do Mundo | DW | 17.05.2006
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Bundesliga tem 52 jogadores em 22 seleções da Copa

Times como Togo e Coréia do Sul, por exemplo, também contam com atletas que atuam no Campeonato Alemão.

default

Nada menos do que 52 atletas que disputam a Bundesliga estarão em campo na Copa do Mundo da Alemanha vestindo a camisa de 22 seleções diferentes.

Só a Suíça, por exemplo, convocou sete jogadores que atuam no Campeonato Alemão. Os vizinhos alemães são os que mais têm atletas nesta condição. O Brasil, quarto colocado, tem quatro jogadores atuando na Bundesliga.

Até seleções de pouca expressão, como Togo, Costa do Marfim e Coréia do Sul, têm entre os seus convocados atletas que vêm de clubes da Alemanha. Na seleção de Klinsmann, apenas dois dos 23 atletas são do exterior: o goleiro Lehmann, do Arsenal, e o meia e capitão Ballack, agora no Chelsea.

Suíça (7): Christoph Spycher (Eintracht Frankfurt), Ludovic Magnin (Stuttgart), Philipp Degen (Borussia Dortmund), Ricardo Cabanas (Colônia), Raphael Wicky (Hamburgo), Tranquillo Barnetta (Bayer Leverkusen), Marco Streller (Colônia)

República Tcheca (5): Tomas Rosicky, Jan Koller (ambos Borussia Dortmund), David Jarolim (Hamburgo), Jan Polak (Nurembergue), Jiri Stajner (Hannover)

Croácia (5): Josip Simunic, Niko Kovac (ambos Hertha Berlin), Marko Babic (Bayer Leverkusen), Jurica Vranjes, Ivan Klasnic (ambos Werder Bremen)

Brasil (4): Lucio, Zé Roberto (ambos Bayern de Munique), Juan (Bayer Leverkusen), Gilberto (Hertha Berlin)

Irã (4): Mehdi Mahdavikia (Hamburgo), Ferydoon Zandi (Kaiserslautern), Ali Karimi (Bayern de Munique), Vahid Hashemian (Hannover)

P araguai (3): Julio Dos Santos, Roque Santa Cruz (ambos Bayern de Munique), Nelson Valdez (Werder Bremen)

Gana (3): Hans Sarpei (Wolfsburg), Otto Addo (Mainz), Atthew Amoah (Borussia Dortmund)

Polônia (2): Jacek Krzynowek (Bayer Leverkusen), Euzebiusz Smolarek (Borussia Dortmund)

Holanda (2): Khalid Boularouz, Rafael van der Vaart (ambos Hamburgo)

Sérvia e Montenegro (2): Mladen Krstajic (Schalke), Danijel Ljuboja (Stuttgart)

Estados Unidos (2): Kasey Keller (Bor. Mönchengladbach), Steve Cherundolo (Hannover)

Togo (2): Karim Guédé (Hamburgo), Assimiou Touré (Bayer Leverkusen)

Tunísia (2): Jawhar Mnari, Adel Chedli (Nurembergue)

Inglaterra (1): Owen Hargreaves (Bayern de Munique)

Suécia (1): Fredrik Stenman (Bayer Leverkusen)

Costa do Marfim (1): Guy Demel (Hamburgo)

Portugal (1): Fernando Meira (Stuttgart)

Austrália (1): Joshua Kennedy (Dynamo Dresden)

Japão (1): Naohiro Takahara (Hamburgo)

França (1): Willy Sagnol (Bayern de Munique)

Coréia do Sul (1): Ahn Jung-Hwan (Duisburg)

Ucrânia (1): Andrej Woronin (Bayer Leverkusen)