1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Bundesliga promete temporada inusitada

Peritos e casas de apostas apontam provável campeão e times candidatos ao rebaixamento à Segunda Divisão na Bundesliga 2007/2008. Mas isso não impede que os torcedores lotem os estádios.

default

Torcedores do Stuttgart sonham com a defesa do título

"Os torcedores vão ao estádio porque não sabem qual será o resultado do jogo." Essa máxima do legendário treinador da seleção alemã Sepp Herberger (1897–1977) parece não valer para a nova temporada do Campeonato Alemão, que começa nesta sexta-feira (10/08), com o clássico entre o atual campeão Stuttgart e o vice-campeão Schalke.

A Bundesliga espera em 2007/2008 um novo recorde de torcedores nos estádios, embora haja quase um consenso entre os analistas esportivos sobre o provável resultado: o Bayern de Munique será campeão e seis clubes lutarão entre si para não serem rebaixados à Segunda Divisão, prevêem.

Concorrência impressionante

Bayern Munich Luca Toni and Franck Ribery

Luca Toni e Franck Ribéry, as novas estrelas do Bayern

Nunca antes o favoritismo de um clube foi tão evidente quanto o do Bayern nesta temporada: os bávaros gastaram 70 milhões de euros para montar seu novo plantel de classe mundial. Antes do início da temporada, eles já conquistaram um título: a Copa da Liga. Na disputa desse torneio sem muita expressão, o Bayern humilhou em parte seus principais concorrentes: Werder Bremen, Stuttgart e Schalke.

Os adversários ficaram perplexos diante da classe com que o novo meio-campo bávaro, formado por Frank Ribéry, Hamit Altintop e Zé Roberto, tramava as jogadas. Uma revelação no ataque do Bayern foi o jovem Sandro Wagner, de 19 anos, que antes só havia marcado quatro gols na Liga Regional.

Os concorrentes do recordista de títulos na Alemanha tremem nas pernas só em pensar o que pode acontecer quando os atacantes Luca Toni, Miroslav Klose e Lukas Podolski forem abastecidos com passes. Para 16 dos 18 técnicos da Bundesliga, o Bayern de Munique é o favorito ao título.

Os dois outros palpites parecem um pouco excêntricos. Michael Skibbe (do Bayer Leverkusen) aposta no Werder Bremen, "por causa da criatividade no meio-campo". Dieter Hecking (técnico do Hannover) acredita que o Schalke ganhará seu primeiro título depois de 50 anos de jejum.

Oráculos para o Nürnberg

VfB Stuttgart FC Nürnberg DFB-Pokal

Nürnberg, campeão da Copa da Alemanha 2006/2007

Diante de tantos elogios, não é possível ganhar muito dinheiro apostando no Bayern: as casas de apostas prometem pagar apenas 1,50 euro por 1 euro apostado. A conquista do título pelo Werder Bremen renderia € 6,50/€1,00 para o apostador; pelo Schalke, 9 euros; e se o Stuttgart conseguir defender o título, o apostador leva € 10,00 por euro aplicado.

Rico mesmo pode ficar quem apostar no Nürnberg. "Der Club [como o time é chamado na região] está entre os aspirantes ao título", garante a vidente Maria Kröll, uma autoridade na região da Francônia, desde que previu corretamente há um ano que o Nürnberg se classificaria para a Copa da Uefa.

Não se conhece nenhum oráculo que preveja a conquista do título pelo Energie Cottbus, pelo Hansa Rostock ou pelo Duisburg. Por isso, a cota para apostas nesses clubes é de 1000/1. Mas tudo é possível: em 1998, o Kaiserslautern, que acabara de subir da Segunda Divisão, sagrou-se campeão alemão.

Mais provável, porém, é que os três clubes promovidos à Primeira Divisão na última temporada – Karlsruhe, Duisburg e Rostock – mais o Arminia Bielefeld, o Bochum e o Energie Cottbus definam entre si quais serão os três rebaixados nesta temporada. Palpites sobre o rebaixamento, no entanto, não rendem muito dinheiro nas casas de apostas.

Liga dos novos goleiros

Mesmo que o transcurso da temporada 2007/2008 seja bastante previsível, ela não necessariamente será entediante. Isso pelo simples fato de haver muitas novidades na Bundesliga, que nunca antes gastou tanto dinheiro na contratação de jogadores: mais de 120 reforços se apresentam nos gramados alemães.

Werder verpflichtet Carlos Alberto

Carlos Alberto, jogador mais caro da história do Werder Bremen

Entre eles estão as estrelas mundiais do Bayern de Munique, como Luca Toni e Ribéry; novatos altamente cotados, como o brasileiro Carlos Alberto, do Bremen; e outras promessas ainda desconhecidas. O técnico Felix Magath quer finalmente levar o Wolfsburg ao sucesso, e Lucien Favre, treinador estreante na Bundesliga, pretende dar uma recauchutada no velho Hertha Berlim.

E será também um campeonato dos novos goleiros. Stuttgart, Nürnberg, Hertha Berlim, Rostock, Duisburg e Arminia Bielefeld têm novos guarda-metas. Considerando a promoção dos jovens René Adler (Bayer Leverkusen) e Manuel Neuer (Schalke) à condição de titulares na temporada passada, a metade das equipes da Bundesliga inicia o certame com um novo número 1 no gol – uma cota surpreendente para uma posição em que tradicionalmente há poucas alterações.

Expectativa na Segunda Divisão

Quem, no entanto, achar a Bundesliga entediante, pode acompanhar o campeonato da Segunda Divisão, onde jogam clubes de tradição, como o Colônia, o Borussia Mönchengladbach, o Kaiserslautern e o 1860 Munique, todos ex-campeões alemães, com enormes torcidas, que querem voltar de qualquer jeito à Primeira Divisão.

Além disso, atuam na 2ª Bundesliga três equipes um tanto quanto "diferentes": o Mainz, do técnico Jürgen Klopp, que virou astro da TV comentando a Copa do Mundo; o St. Pauli, do bairro dos bordéis de Hamburgo; e o Freiburg, que inicia uma nova era depois de ser comandado durante 16 anos pelo técnico Volker Finke. Sem contar a novata equipe de Hoffenheim, flanqueada pela bilionária SAP, líder mundial em software empresarial.

Independentemente das previsões dos peritos, o que importa é o que acontece no gramado. Afinal, "a bola é redonda", como dizia Sepp Herberger. E os torcedores vão aos estádios porque realmente não se sabe qual será o resultado.

Leia mais