1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Bronze vale ouro para natação alemã

Graças a oito terceiros lugares, Alemanha defendeu em Dublin o título de campeã européia em piscina curta. Rupprath, Buschschulte e Poewe foram os destaques alemães. Nadadora mais bem-sucedida da história alemã fracassa.

default

Sarah Poewe bateu três recordes alemães

Após sagrar-se em julho tricampeã mundial em piscina olímpica, Hannah Stockbauer viveu no Campeonato Europeu de Piscina Curta, em Dublin, no fim de semana, o reverso da medalha. Especialista no estilo livre, a nadadora de 21 anos chegou apenas em sexto lugar nos 800 metros e foi eliminada logo na primeira prova dos 400 metros. Frustrada, embarcou de volta para casa antes da hora, ainda no domingo.

"Não tenho explicação. Não me sinto mal, os treinos vão bem, não estou doente. Simplesmente não foi meu dia", analisa Stockbauer, que com cinco títulos é a mais bem-sucedida nadadora da história da Alemanha em campeonatos mundiais, à frente até mesmo do albatroz Michael Gross, Kornelia Ender e Kristin Otto.

O técnico Ralf Beckmann mostra-se, porém, preocupado. "Estamos todos irritados. Temos de analisar a situação e, com vistas à Olimpíada, verificar cada detalhe nos treinos. Foi um choque para a equipe, pois Hannah é tida como fonte segura [de medalhas]."

Bom teste para Olimpíada - Apesar do pescoço de Stockbauer ter saído vazio de Dublin, a delegação alemã garantiu na capital irlandesa o status de melhor do Velho Continente em piscina curta. Thomas Rupprath, Antje Buschschulte e Sarah Poewe lideraram a conquista de sete medalhas de ouro, seis de prata e oito de bronze. Exatamente estas últimas decidiram o título continental, pois os nadadores britânicos, após somarem mesmo número de ouros e pratas que os alemães, só conquistaram uma medalha de bronze.

Embora a coleção de medalhas tenha se reduzido à metade em relação ao europeu do ano passado, o resultado satisfez o técnico Beckmann, de olho nos Jogos Olímpicos, daqui a oito meses em Atenas. "Estamos dentro do planejamento. Com o grande número de melhores tempos individuais e de recordes nacionais, foi um excelente teste para a Olimpíada. Em Atenas, queremos estar na frente", diz o treinador da equipe que quebrou em Dublin um recorde mundial, um europeu e oito alemães.

Mulheres primeiro - As meninas da natação alemã tiveram mais sucesso: quatro ouros contra três; 11 medalhas a 10; sete novos recordes contra três. Antje Buschschulte volta para Magdeburg com duas medalhas de ouro, duas de prata, dois recordes nacionais e um europeu, nos 100 metros costas (2min04s23). "Não contava com isso. Pensei que eu não era possível de marcar tal tempo."

Já Sarah Poewe, especialista em nado peito, faturou duas de ouro e uma de prata, todas com recordes alemães. Adoentada, a recordista mundial Franziska van Almsick não participou da competição. A veterana Sandra Völker, por sua vez, só obteve duas medalhas nas provas de revezamento.

Destaques masculinos - Entre os homens, Thomas Rupprath confirmou-se como o melhor. O nadador de Wuppertal tornou-se tricampeão europeu nos 100 metros costas, ficando com ouro também nos 50 metros e prata nos 100 metros borboleta. Rupprath integrou ainda a equipe de revezamento 4x50 medley, que iniciou a coleção de medalhas na quinta-feira com o recorde mundial da prova.

Aos 33 anos, Mark Wernecke buscou mais uma vez ao menos uma de bronze nos 50 metros peito, enquanto o estreante Marco di Carli, de 18 anos, surpreendeu com um terceiro lugar nos 100 metros medley.

Campeonato Europeu em Piscina Curta
Dublin, 11 a 14 de dezembro
Medalhas alemãs

  • 4x50m medley – ouro: T.Rupprath, M.Warnecke, F.Friedrich e C.Dehmlow (1min34s46, recorde mundial)
  • 4x50m medley – prata: A.Buschschulte, S.Poewe, J.Pietsch e S.Völker (1min48s85, recorde alemão)
  • 4x50m livres – prata: C.Dehmlow, B.Friedrich, F.Friedrich e J.Schreiber (1min26s26, recorde alemão)
  • 4x50m livres – bronze: K.Meissner, P.Dallmann, B.Steffen e S. Völker (1min38s68, recorde alemão)
  • 50 metros peito – bronze: Mark Warnecke (27s03)
  • 50 metros peito – ouro: Sarah Poewe (30s40, recorde alemão)
  • 100 metros peito – ouro: Sarah Poewe (1min06s31, recorde alemão)
  • 200 metros peito – prata: Anne Poleska (2min21s93); bronze: Simone Weiler (2min22s64)
  • 100 metros borboleta – prata: Thomas Rupprath (50s43)
  • 50 metros costas – ouro: Thomas Rupprath (23s71); bronze: Toni Helbig (24s19)
  • 50 metros costas – prata: Antje Buschschulte (27s54)
  • 100 metros costas – ouro: Thomas Rupprath (50s72); bronze: Steffen Driesen (51s92)
  • 100 metros costas – ouro: Antje Buschschulte (58s40, recorde alemão)
  • 200 metros costas – prata: Steffen Driesen (1min53s07, recorde alemão)
  • 200 metros costas – ouro: Antje Buschschulte (2min04s23, recorde europeu)
  • 100 metros medley – bronze: Marco di Carli (54s06)
  • 200 metros medley – bronze: Teresa Rohmann (2min11s44)
  • 400 metros medley – bronze: Teresa Rohmann (4min35s47)

    Soma: 8 medalha de ouro, 6 de prata, 8 de bronze

Leia mais

Links externos