1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Bremen retira estado de alerta

A polícia da cidade prende e solta dois suspeitos de ligação com possível ameaça terrorista. Segundo o governo, há evidências concretas de comércio ilegal de armas a salafistas na cidade.

As autoridades da cidade de Bremen, no noroeste da Alemanha, encerraram na tarde de domingo (01/03) a ampla ação montada em resposta a ameaças de ataques extremistas.

A cidade estava em alerta

desde o sábado

, quando a polícia falou sobre possíveis "atividades de agressores islamistas", afirmando ter recebido informações de uma autoridade federal.

O senador para Assuntos Internos de Bremen, Ulrich Mäurer, afirmou que "as evidências eram tão concretas que não pudemos descartar um atentado em Bremen".

Mäurer ressaltou que desde setembro do ano passado há evidências concretas da existência de um comércio ilegal de armas entre salafistas na cidade. No centro das investigações está um homem de 39 anos, de cidadania libanesa, que estaria fornecendo armas como metralhadoras e pistolas automáticas.

A polícia chegou a prender dois suspeitos de ligação com uma possível ameaça extremista islâmica, mas logo depois eles foram soltos. Residências foram vasculhadas e carros passaram por batidas policiais, mas nenhuma arma foi encontrada.

Desde que o alerta foi acionado, na manhã de sábado, a polícia manteve uma "rede de segurança" nos espaços públicos a fim de eliminar o risco de um atentado extremista. A presença de policiais fortemente armados também aumentou nas ruas da cidade.

Desde o início do ano, autoridades alemãs alertam sobre o risco em potencial de ataques por parte de radicais islâmicos no país. Há duas semanas, forças de segurança de Braunschweig canceleram o desfile de carnaval da cidade depois de receber informações concretas de possíveis ataques extremistas.

Uma marcha do grupo "Europeus patriotas contra a islamização do Ocidente" (Pegida) foi cancelada por motivo semelhante em 19 de janeiro. O alerta em Bremen vem em meio a uma maior preocupação da Europa sobre terrorismo na Europa após os ataques em Paris e Copenhague.

MSB/dpa/rtr

Leia mais