1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Turismo

Bremen é mais do que uma cidade portuária

Entre bairros antigos e modernos, ruelas estreitas e o primeiro museu dedicado a uma pintora, a cidade no norte da Alemanha é ideal para quem procura história, principalmente do comércio, e beleza reunidos num só lugar.

Assistir ao vídeo 04:09

Bremen

Em Bremen, no norte da Alemanha, a navegação pelo rio Weser e o comércio sempre caracterizaram a cidade. Por isso, quem vai a Bremen não pode deixar de conhecer a praça do mercado.

O prédio da prefeitura tem 600 anos. No estilo gótico e renascentista típico da região, a construção embeleza a cidade ao lado da imponente estátua de Rolando, o paladino histórico da liberdade de Bremen. Ambos foram incluídos pela Unesco em 2004 na lista dos patrimônios culturais da humanidade.

O luxo no salão nobre do histórico prédio da prefeitura testemunha o quanto a cidade antigamente era rica, porque tinha direitos de comércio.

Vinhos, arte e arquitetura

Nos porões da prefeitura, o “Bremer Ratskeller”, uma das adegas mais antigas da Alemanha, serve vinhos de todas as regiões do país e armazena cerca de 650 variedades da bebida.

Mas o símbolo da cidade que atrai turistas de todas as partes do mundo é a estátua dos Músicos de Bremen, do conto dos irmãos Grimm. A fábula inspirou o musical Saltimbancos, de Chico Buarque. Diz a lenda que quem encostar nas pernas do burro tem direito a um desejo.

Não muito longe da praça do mercado fica a rua Böttcherstrasse, onde o arquiteto Bernhard Hötger mesclou o estilo tradicional com o expressionista e construiu nos anos de 1920 uma verdadeira obra de arte da arquitetura.

Outra atração é o Museu Paula Modersohn-Becker, o primeiro do gênero dedicado a uma pintora. Os quadros expressivos e coloridos retratam a vida rural, os autorretratos e as paisagens de Bremen. Essas obras ajudaram Paula a se afirmar em sua época, num mundo artístico dominado por homens.

No bairro mais antigo de Bremen, as ruelas combinam com as estreitas casas no estilo enxaimel, datadas dos séculos 15 e 16. Elas ficam tão perto uma da outra que lembram um colar de pérolas. Por isso, o bairro se chama "Schnoor," que em baixo-alemão quer dizer "cordão".

Às margens do rio Weser fica o bairro mais novo da cidade. O que antes fazia parte do complexo portuário se desenvolveu ao longo dos últimos 15 anos e se transformou em uma área moderna com prédios comerciais e residenciais. Trata-se de um dos maiores projetos urbanos da Europa. Um dos primeiros a se instalar no local foi a ourivesaria que fabrica os troféus da Liga dos Campeões.

Assista ao vídeo:

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados