1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Brasileiros estão mais otimistas em relação à economia

Índice Nacional de Expectativa do Consumidor, que indica tendência de consumo, sobe 1% em agosto relação ao mês anterior. Aumento está relacionado à melhora nas projeções sobre comportamento dos preços.

O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (Inec) subiu 1% em agosto em relação ao mês de julho, mostrou a pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgada nesta quarta-feira (26/05). Com o aumento, o índice chegou a 98,9 pontos. Após constantes quedas, esse foi o segundo mês consecutivo de alta do indicador.

O Inec é usado para medir a tendência de consumo das famílias brasileiras e mostra a expectativa em relação à economia. O aumento do indicador em agosto deve-se, principalmente, à melhora nas projeções sobre o comportamento dos preços. Na comparação com julho, o índice de expectativas em relação à inflação aumentou 4,2%, o que mostra um otimismo na perspectiva de queda da inflação.

Já as expectativas em relação ao desemprego, à renda pessoal e ao endividamento ficaram praticamente estáveis em comparação com o mês anterior. O indicador de expectativas em relação às compras, porém, cresceu 1,2%.

Apesar do aumento, o Inec continua 10,2% abaixo da média histórica, que é 110,1 pontos e também está 8,7% menor do que o registrado em agosto de 2014, ou seja, os consumidores ainda estão pessimistas, embora um pouco menos do que nos últimos dois meses.

O Inec foi criado pela CNI em 1998.

CN/abr/otr

Leia mais