1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Brasileiros balançam as redes nove vezes

Os representantes do futebol tetracampeão mundial definiram os placares de quatro partidas. Ao cobrar falta com malícia, Amoroso manteve a liderança da artilharia.

default

Marcelinho (Hertha Berlim) marcou duas vezes

Os jogadores brasileiros fizeram os torcedores alemães pularem nas arquibancadas nove vezes na 22ª rodada, um recorde na atual temporada. Marcelinho Paraíba (Hertha Berlim) e Róbson Ponte (Wolfsburg) fizeram, cada um, dois gols, garantiram as vitórias de seus times e foram eleitos os destaques de suas partidas.

"O brasileiro esbanjou ambição e produziu a maioria das oportunidades", escreveu a revista esportiva Kicker sobre o desempenho de Marcelinho nos 2x0 sobre o Stuttgart. Já Róbson "foi incontrolável durante a uma hora que esteve em campo e construiu as bases da vitória de sua equipe com seus dois gols precoces".

O zagueiro Lúcio (Bayer Leverkusen) recebeu o mesmo bom conceito do semanário, mas outros brilharam ainda mais na goleada de 5x0 sobre o Borussia Mönchengladbach. Apesar dos muitos gols e das boas atuações dos brasileiros, a Kicker desta vez não escalou nenhum para sua seleção da rodada.

Em Berlim, o zagueiro Vragel da Silva descontou para o Energie Cottbus, que já havia tomado dois de Róbson Ponte. Aílton, por sua vez, fez o único gol da vitória do Werder Bremen sobre o Kaiserslautern. E Paulo Rink abriu o placar para o Nürnberg nos 2 a 1 sobre o 1860 Munique.

Na capital bávara, Amoroso (Borussia Dortmund) entrou no meio do segundo tempo, cobrou uma falta com malícia e fez o goleiro Kahn (Bayern de Munique) correr para o lado errado. A bola entrou junto à trave e o brasileiro manteve-se isolado na artilharia, perseguido pelo alemão Ballack (Bayer Leverkusen), que igualmente marcou sábado. Minutos depois da obra-prima de Amoroso, Élber fez o seu, empatando o placar na capital bávara.

Campeonato Alemão 2001/2002 (Bundesliga)

Artilharia após a 22ª rodada

  • 12 gols – Amoroso (Borussia Dortmund)
  • 11 gols – Ballack (Bayer Leverkusen)
  • 10 gols – Élber, Pizarro (ambos Bayern de Munique), Neuville (Bayer Leverkusen) e Maric (Wolfsburg)
  • 9 gols – Marcelinho Paraíba (Hertha Berlim), Aílton (Werder Bremen), Klose (Kaiserslautern) e van Lent (Borussia Mönchengladbach)
  • 7 gols – Róbson Ponte (Wolfsburg), Éwerthon (Borussia Dortmund) e outros
  • 6 gols – Lincoln (Kaiserslautern) e outros
  • 4 gols – Vragel da Silva (Energie Cottbus), Cacau (Nürnberg) e outros
  • 3 gols – Lúcio (Bayer Leverkusen), Marcelo Bordon (Stuttgart) e outros
  • 2 gols – Paulo Rink (Nürnberg), Zé Roberto (Bayer Leverkusen), Marcão (St. Pauli), Paulo Sérgio (Bayern de Munique) e outros
  • 1 gol – Alex Alves (Hertha Berlim), Ratinho (Kaiserslautern), Adhemar (Stuttgart), Brasília (Energie Cottbus) e outros
  • 1 gol contra – Marcelo Pletsch (Borussia Mönchengladbach) e outros

    Artilheiros dos últimos campeonatos:

    • 2000/2001 – Sand (Schalke) e Barbarez (Hamburgo): 22 gols
    • 1999/2000 – Max (1860 Munique): 19 gols
    • 1998/1999 – Preetz (Hertha Berlim): 23 gols