1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Jogos Olímpicos

Brasil vence Nova Zelândia nas Olimpíadas e encabeça chave

Seleção brasileira passa com facilidade pelos neozelandeses e segue para as quartas de final do torneio de futebol masculino dos Jogos Olímpicos em Londres.

O Brasil venceu a Nova Zelândia por 3 a 0 em Newcastle. Os gols foram marcados por Danilo, Leandro Damião e Sandro. Assim, a seleção brasileira garantiu o primeiro lugar do grupo C, com nove pontos, e aguarda a decisão do seu adversário nas quartas de final, o segundo lugar do grupo D, que poderá ser Japão, Honduras ou Marrocos. A partida da próxima fase acontecerá no sábado (04/08), também em Newcastle.

O jogo começou quente para o Brasil. Logo aos 4 min, Neymar recebeu a bola de Marcelo, invadiu a área neozelandesa e balançou a rede. Mas Neymar estava em posição de impedimento e o gol não foi validado.

Neymar mandou a bola para rede, mas estava impedido

Neymar mandou a bola para rede, mas estava impedido

Aos 12 min, Neymar cruzou a bola para o lateral Marcelo, que tentou uma meia-bicicleta para a rede do goleiro O'Keeffe, mas a bola foi para fora. O time neozelandês não apresentava perigo para o Brasil, que dominou a posse de bola.

A seleção brasileira mostrou que estava empolgada. Aos 22 min, Danilo e Leandro Damião enfrentaram a defesa adversária. A bola sobrou na cara do gol e o volante Danilo bateu, colocado ao lado do goleiro O'Keeffe, abrindo o primeiro gol para o Brasil.

Foi preciso apenas mais seis minutos para o Brasil ampliar o placar. Marcelo tabelou com Alex Sandro, fazendo um bonito passe de letra. Ele recebeu a bola na área e tocou da linha de fundo para Leandro Damião, que chutou para a rede, ampliando a vantagem do Brasil: 2 a 0.

No começo do segundo tempo, Leandro Damião sofreu falta do zagueiro Tim Myers. Marcelo cobrou a falta para a área e a bola sobrou para Sandro na direita, que chutou direto para o gol, aumentando o placar aos 6 min.

Aos 31 min, Alex Sandro avançou para dentro da área neozelandesa e na jogada foi parar no chão. O árbitro marcou falta para Nova Zelândia, mas entendeu que Alex Sandro simulou a jogada, mostrando o segundo cartão amarelo para o brasileiro – o primeiro fora aos 25 min do segundo tempo. Com isso, o volante levou o cartão vermelho, deixando a seleção brasileira desfalcada.

A Nova Zelândia ainda tentou um ataque no final do segundo tempo, mas sem resultado. O jogo terminou com uma vitória tranquila e convincente do Brasil por 3 a 0.

Autor: Antônio Netto
Revisão: Augusto Valente

Leia mais