1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Brasil repatria policial alemão, autor de roubo milionário

Policial rodoviário fazia bico em carro-forte, roubou 3,5 milhões de marcos e fugiu para o Brasil, onde foi detido com documento falso e cumpriu prisão.

default

O ex-policial Manfred Küppers fugira para o Brasil, depois de roubar milhões

Já está em solo alemão o ex-policial Manfred Küppers, acusado de roubar 3,5 milhões de marcos de um carro-forte em agosto de 1995. O ladrão estava no Brasil, onde fora preso em junho de 2000. Küppers, de 40 anos, desembarcou em Düsseldorf, acompanhado de dois detetives alemães, na manhã desta sexta-feira.

Na ocasião do roubo, o policial rodoviário tinha um trabalho paralelo não autorizado como motorista de carros de transporte de valôres. Durante nove meses ele exerceu a dupla função. Até que um dia aproveitou-se da ausência de seu acompanhante no carro para passar a mão em três malotes com 3,5 milhões de marcos, equivalente hoje a 1,8 milhão de euros. Outros 3 milhões de marcos ficaram no carro.

"É um absurdo que exatamente um policial tenha infringido o Código Penal", diz o detetive Rudolf-Dieter Brügge, que comandou as investigações.

Com a ajuda de um cúmplice, Küppers conseguiu fugir. "No início de sua fuga, ele aproveitou-se muito bem de sua experiência como policial", comenta Brügge. Até que ele cometeu um erro. No Brasil, solicitou um passaporte apresentando uma certidão de nascimento falsa. Detido, foi identificado, com a ajuda de investigadores alemães que já orientavam a polícia brasileira, e condenado à prisão.

Cumprida sua sentença no Brasil, Küppers chega à Alemanha 20 meses após sua prisão. Segundo o Ministério Público alemão, o advogado do policial ladrão adiantou que o mesmo confessará seu crime. O julgamento deverá começar em junho, no Tribunal Estadual de Düsseldorf.