1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

BRASIL NA COPA 2006

A Copa continua sendo o tema mais comentado por nossos usuários esta semana, mas temos também opiniões interessantes sobre literatura alemã e política. Confira aqui!

default

O time está péssimo, sem padrão de jogo, sem esquema tático, virou um amontoado de craques sem conjunto. A vitória sobre a fraca Austrália provocou ufanismo e patriotada na imprensa brasileira. Vencer a Austrália é a mesma obrigação que o Corinthians tem de vencer o 15 de Piracicaba. Não iremos longe!
Alex Medeiros


Nossa, sem dúvida é com razão que o Ronaldinho Gaúcho é considerado o melhor jogador do mundo! O cara bate o maior bolão e joga muito bem. Ele é digno desse título. Além de ser o melhor jogador do mundo, ele é uma pessoa encantadora, é só olhar para ele que já se vê que ele tem um coração maravilhoso. Que Deus continue abençoando ele mais e mais...
Ana Paula

Acho um absurdo o Roberto Carlos jogar na seleção brasileira. Vocês não falam nada!!! Por quê?? Ele é inatingível? É ridículo! E ouvi dizer que ele quer terminar a carreira no meu time do coração, o Santos! Não admito! Já chega o Careca! Todo jogador deveria ter senso de ridículo e parar na hora certa, como o nosso Rei Pelé! Todos criticam, mas Pelé parou no auge da carreira.
Mauro Guerrelhas

O Brasil pode superar a Austrália. Mas para tal, deverá está imbuído de alguns valores que não foram vistos no jogo contra os croatas. A realização deste feito se dará com determinação, força, humildade, conjunto e habilidade. O importante é sempre tratar cada adversário como um desafio a ser superado, independentemente de sua trajetória dentro do futebol. A Copa está apenas começando e este jogo poderá embalar também o time numa perspectiva de ascensão, a exemplo de outras seleções. É acreditar, com muita racionalidade, prá ver.
Jairo P. Aragão


Com a ajuda do nosso santo Deus, a seleção canarinho será hexacampeã mundial, porque reune no seu elenco alguns dos maiores jogadores do planeta e com isso vai conseguir passar da primeira fase, das oitavas, das quartas, da semifinal e, se Deus quiser, vai ser a única seleção do mundo a conseguir seis títulos mundiais. Isso é um recorde que vai ser díficil de ser batido, se a seleção canarinho continuar com esses extraodinários jogadores!
Alysson Yvo de Oliveira Guedes

RONALDO

Estou admirado como os programas esportivos ainda não se tocaram que estão enjoativos com o mesmo assunto... Ronaldo pra lá, Ronaldo pra cá, e sem contar que também tudo isso não ajuda a impulsionar o jogador, só estão colocando pressão, até parece que querem derrubar o cara. Parem de repetir o assunto e vamos deixar "o Fenômeno" jogar! Agradeço encarecidamente!
Fábio Mascarenhas

Acredito no potencial do Ronaldo, por ele ser um jogador com muita qualidade e capacidade. Por isso, mando essa mensagem à imprensa brasileira para que valorize mais o nosso Ronaldo, não só por sua competência mas também pelo ser humano que ele é. A imprensa brasileira está "caindo de pau" só em cima do Ronaldo, enquanto uma equipe como a nossa seleção não é feita só de um jogador.

Precisamos dar mais incentivo, acreditar mais na competência e na qualidade do Ronaldo. Sabemos que ele, junto com toda a nossa equipe, trará resultados positivos ao nosso país. Vamos levantar a nossa moral e a nossa competência. Se nós brasileiros não acreditarmos em nossos jogadores, quem irá acreditar?
Osmar Cesar Fernandes

O que há com o Ronaldo? Condicionamento físico deficiente e estado emocional altamente abalado.
Paulo Sergio Frajola

Observei que muitos torcedores e comentaristas necessitavam de um alvo para desculpar-se pelo jogo do Brasil não ter fluído. Quem eles pegaram como alvo? Ronaldo, dizendo que o jogador está gordo e não fez nada no jogo. Daí se nós observarmos, quando o Parreira tomou a decisão de tirar Ronaldo e colocar Robinho, o jogo começou a fluir, a bola chegava aos pés dos atacantes.

A culpa não é de Ronaldo e sim de Ronaldinho Gaúcho, que não conseguia dar o passe correto, errando 14 vezes! Daí Robinho supriu a necessidade do jogador que lança para os atacantes, só que Parreira não tem peito de tirar Ronaldinho Gaúcho do jogo. Será que Parreira é realmente bom técnico e tem visão do jogo?

Ivan T.

GRÁFICO DA COPA

Sim, concordo com Erik Spiekermann. O projeto deveria principalmente ter levado mais em consideração os aspectos da cultura alemã. O logotipo ficou mais parecido com o da Elma Chips do que com um evento futebolístico.
Pedro Belleza

Chamo-me Deize, nasci no Brasil, tenho 31 anos e sou designer em Portugal desde 2000. Apesar de não ter a experiência profissional e de vida de Erik Spiekerman, estou de acordo com a análise por ele feita à imagem gráfica e ao mascote do mundial da Alemanha.

Para começar, fiquei um pouco desiludida quando vi o logotipo da Copa 2006, pois à primeira vista quase não consegui decifrar o significado dos elementos gráficos nele existentes (o que já por si é mau) e senti que faltavam referências históricas no mesmo. Se não fossem as cores da bandeira presentes, eu nunca associaria o design desenvolvido ao mundial da Alemanha e muito menos com design alemão. [...]

Deize Serrano

Com certeza, concordo plenamente com Erik Spiekermann. Se a Copa é na Alemanha, com certeza teria que haver referências alemãs em toda as peças promocionas da Copa. Isso é uma vergonha para o design alemão!
Wanderson Siqueira

HEINRICH HEINE

Heine, a meu ver, era um patriota esclarecido, não idiota – via no liberlismo francês mais um refúgio, a paz e a razão, do que no autoritarismo monárquico prussiano – era um pouco disso sua visão política. Em literatura, ele sabia misturar alegria, desconfiança e crítica como ninguém. Em filosofia, mostrou-nos a origem do império filosófico tedesco, que inicia em Kant até Hegel, e a ignorância francesa desta ideologia em sua época. Em religião, ele mostrou-nos o jeito poético, estético e latino do catolicismo, que reflete mais a maneira italiana de governar. Quanto ao protestantismo (sendo ele um luterano), afirmou com acerto que sua virtude era a liberdade de pensamento e a democratização da fé, porém tinha o defeito de cultuar a letra e dar abertura à intransigência. [...]

Preveniu a França de um revanchismo militar alemão. Amava a Alemanha com suas virtudes, desprezando seus defeitos, quase a mesma relação de Voltaire com a França e Juca Chaves com o Brasil. Uma frase de Sêneca poderia definir Heine: "Sou patriota e não idiota, amo minha pátria não porque é grande, mas porque é minha". Heine amava a Alemanha potencial e não a Alemanha real de sua época. Além disso, era aberto à docilidade e à convivência pluralista entre os povos europeus. Fanáticos, demagogos e nacionalistas malucos não terão Heine como companhia nem hoje nem no porvir. Isto vale não apenas para os alemães, mas para todos os povos. [...]
Alan Itarinau

LITERATURA ALEMÃ

A massificada difusão da literatura norte-americana entre nós, principalmente a de má qualidade, está causando esse fenômeno: os últimos livros que li de escritor alemão (já lá se vão uns dois decênios!) foram do Günter Grass! Não tenho pejo em declarar-me um completo ignorante da atual literatura que se faz na Alemanha, uma vez que desconheço totalmente a existência de traduções. O jeito é aprender alemão ou encomendar os livros em Portugal!
Paulo da Mata-Machado

É lamentável como temos pouco da literatura alemã contemporânea traduzida para o português, no Brasil. É uma lacuna lamentável, ainda mais quando se vê quantos 'best-sellers' estadunidenses de pouco ou nenhum valor literário se vendem por aqui...
Romilda Raeder


DESIGUALDADE SOCIAL NO BRASIL

O Brasil é um dos países com a pior distribuição de renda do mundo inteiro. A desigualdade social ocorre devido a fatores econômicos. Os mais pobres têm piores chances de inclusão, dificuldades de acesso a escolas, estudam em escolas deficientes no cumprimento das diretrizes de ensino. A migração regional leva nordestinos a se limitarem às funções de prestação de serviço pouco remuneradas, e as mulheres têm dificuldade de acesso a empregos segregados por gênero, salários menores, e dificuldades de acesso a funções de gerência. Sou pesquisadora, psicóloga e estudo as relações de gênero no país.
Vanise Goulart Zimmer

DESCONTO PARA O REINO UNIDO

Creio que não, por diversas razões econômicas, mas o que é um contra-senso em termos econômicos toma um diferente significado em termos políticos. O premier Blair tem assumido o complicado trabalho de produzir um consenso pró-Europa entre os britânicos, tendo que enfrentar situações complicadas com os conservadores isolacionistas. Então, do ponto de vista político, é algo importante e significativo a manutenção do desconto para o Reino Unido, pois caracteriza a boa vontade da Europa para com os britânicos. [...] Uma Europa sem o Reino Unido é uma Europa imensamente mais fraca, e acho que se compreende isso. Mas o Reino Unido sem a Europa também é muito mais fraco, todavia muitos britânicos não são capazes de compreender tal relação. Por isso, em nome de uma Europa mais forte, é importante a manutenção do desconto.
Marcio T. S.