1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Brasil joga para confirmar favoritismo

Depois de uma estréia criticada, a seleção brasileira entrará em campo contra a Austrália, em Munique, para mostrar que é favorita ao título. Ronaldo será o alvo das atenções da mídia esportiva mundial.

default

Ronaldo participou normalmente do último treino da seleção antes do segundo jogo

Desde a estréia da equipe na terça-feira passada (13/06) até o jogo deste domingo, um único assunto dominou as matérias sobre a seleção brasileira publicadas pela imprensa de todo o mundo: Ronaldo. A má exibição do atacante no jogo contra a Croácia deu argumentos aos que o acusam de excesso de peso.

Ronaldo colaborou para aumentar as especulações. Na quarta-feira, sentiu enjôos e acabou sendo levado a um hospital de Frankfurt para uma bateria de exames médicos, incluindo raio-x, exame de sangue, gastroscopia e tomografia computadorizada do crânio. Segundo os médicos da seleção, nada de anormal foi detectado.

A apresentação da seleção na estréia, criticada pela imprensa de todo o mundo, e a má performance de Ronaldo, reconhecida pelo próprio jogador, fizeram com que a mídia esportiva mundial colocasse em xeque o favoritismo da seleção ao sexto título e aumentaram a expectativa para o jogo deste domingo, no qual se espera que o Brasil apresente um futebol digno de um pentacampeão mundial.

Rebelde

WM 2006 - Fußball Fussball WM06 Australien - Japan Spielszene

Australianos estão confiantes após vitória sobre o Japão

Mesmo confirmado como titular no jogo deste domingo pelo técnico Carlos Alberto Parreira, Ronaldo já admitiu que aceitaria a reserva. "Eu aceito tudo, eu não sou um rebelde", disse, ao ser questionado sobre o tema. Parreira negou que irá colocar o craque no banco, mas avisou: "Ele precisa melhorar a sua condição física." Caso contrário, pode perder a titularidade ao longo do torneio.

Os companheiros de equipe saíram em sua defesa. "Ronaldo é um jogador que possui muitas qualidades e que tem a confiança de todos os seus companheiros de equipe", disse Ronaldinho. "Estamos confiantes de que no próximo jogo ele estará em condições de fazer tudo o que ele sabe e ajudar o Brasil a conquistar a vitória."

Até de Pelé, com quem andou trocando farpas, o atacante do Real Madrid recebeu apoio. "Ronaldo precisa de nós e nós precisamos do Ronaldo", afirmou à televisão alemã. O craque participou normalmente do treino deste sábado, o último antes do confronto contra a Austrália. Segundo o preparador físico Moraci Sant'anna, o atacante melhorou sua condição física desde o início da concentração.

Austrália

O técnico da Autrália, o holandês Guus Hiddink, preferiu não participar das discussões sobre Ronaldo. "Ele sempre pode decidir um jogo em poucos segundos. Mas o Brasil não é só Ronaldo. Por isso eles são sempre perigosos."

Schiedsrichter Merk will bei der WM pfeifen

Alemão Markus Merk apitará sua segunda partida

A vitória de virada contra o Japão enche os australianos de expectativas para o confronto deste domingo. "É o dia da verdade. Jogaremos contra um dos maiores times do mundo. Todos esperam uma vitória do Brasil, mas nós podemos tornar as coisas difíceis", afirmou Hiddink. Para respaldar suas esperanças, os australianos gostam de lembrar da sua vitória sobre o seleção brasileira na Copa das Confederações de 2001, quando ganharam de 1 a 0.

Alemães

O jogo em Munique será especial para outros dois titulares de Parreira: Zé Roberto e Lúcio, do Bayern de Munique, atuarão em casa. "Eu jogarei num estádio no qual nunca perdi uma partida. Isso me dá confiança. Eu acredito que aqueles que estão acostumados a me ver jogando aqui apoiarão a equipe brasileira", declarou Zé Roberto.

Para os alemães, o confronto entre Brasil e Croácia terá um atrativo a mais: será o segundo nesta Copa a ser apitado pelo árbitro Markus Merk, único alemão no quadro de arbitragem do Mundial 2006. Ele será auxiliado por Christian Schraer e Jan-Hendrik Salver, também alemães.

BRASIL x AUSTRÁLIA

Data : 18/6/2006
Local : Estádio da Copa em Munique
Horário : 18h (13h de Brasília)
Árbitro : Markus Merk (Alemanha)
Auxiliares : Christian Schraer e Jan-Hendrik Salver (ambos alemães)

Prováveis escalações

Brasil
Dida - Cafu, Lúcio, Juan e Roberto Carlos – Érmerson e Zé Roberto – Kaká e Ronaldinho – Ronaldo e Adriano
Técnico : Carlos Alberto Parreira

Austrália
Schwarzer – Emerton, Neill, Moore e Chipperfield – Bresciano e Culina – Grella e Cahill – Kewell e Viduka
Técnico : Guus Hiddink

Leia mais

  • Data 18.06.2006
  • Autoria (as)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/8dn2
  • Data 18.06.2006
  • Autoria (as)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/8dn2