1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Brasil inicia busca pelo hexa e aposta suas fichas em Neymar

Com retrospecto favorável, a Seleção enfrenta a Croácia em São Paulo. Mesmo time que venceu a Copa das Confederações terá como desafio superar impaciência da torcida e mostrar que não depende só de seu camisa 10.

Granja Comary, segunda-feira (09/06), três dias para o início da Copa do Mundo. Durante um treino coletivo em Teresópolis, Neymar pisa em falso e cai no chão com a mão no valioso tornozelo direito. Flashes dos fotógrafos disparam, e os médicos correm em direção ao atacante, que é cercado por colegas. Alguns minutos depois, ele se levanta e firma o pé no chão. Felipão respira aliviado – e grita: "Cuidado, pelo amor de Deus!".

O técnico garante que o Brasil não é só Neymar. Mas nesta quinta-feira, será para ele que os olhos e as esperanças dos brasileiros estarão voltados no Itaquerão. O atacante de 22 anos não é só o camisa 10 da Seleção: é o maior artilheiro do século com a "amarelinha" e talvez a única figura capaz de desequilibrar a partida.

Seus companheiros de Seleção sabem disso e não escondem. "Estamos fazendo de tudo para jogar a bola para o Neymar", disse Fred recentemente. "Todo mundo sabe: o jogador que faz a diferença e é craque é ele."

Não há dúvida: o time que vai tentar o sonhado hexa em casa é Neymar e mais dez. E nesta quinta-feira, os dez em questão devem ser os mesmos que estiveram ao lado do craque do Barcelona na Copa das Confederações. No meio-campo, apesar das boas atuações de Willian, Oscar continuará como titular, ao lado de Paulinho e Luiz Gustavo.

Confederations Cup 2013 Sieger Brasilien

Após levantar a taça da Copa das Confederações pela Seleção em 2013, Neymar jogará seu primeiro Mundial

Os croatas admitem que a chave para surpreender e sair de São Paulo com a vitória é parar Neymar. E sem o atacante Mario Mandzukic, que cumpre suspensão automática, o técnico Niko Kovac aposta num meio-campo entrosado para conseguir os três pontos.

Se Kovac optar por um esquema mais ofensivo, a Croácia entrará em campo com um trio de meias: Perisic, Kovacic e Olic. Eles serão apoiados pelo volante e camisa 10 Luka Modric, que vem de excelente temporada pelo Real Madrid e mostra confiança para a estreia.

“Neymar é muito bom jogador. Mas outros times já o pararam, e é o que vamos tentar fazer. Além disso, o Brasil não é só Neymar. Ele não é o único perigo”, disse Modric.

Länderspiel Polen - Italien

Modric é o principal jogador da Croácia

O palco da estreia, São Paulo, é historicamente impaciente com a Seleção. Foi assim, por exemplo, na vitória sobre a Sérvia, na última sexta-feira, quando o time de Felipão

ouviu vaias

no intervalo. E no amistoso contra a África do Sul em 2012, quando Neymar deixou o campo ouvindo o coro de "pipoqueiro".

Cabe ao time – e sobretudo a Neymar – transformar essa impaciência dos paulistas nas arquibancadas em apoio. As

estatísticas

estão a favor: desde 1938 o Brasil não perde numa estreia de Copa; e nunca uma seleção de um país-sede perdeu um jogo de abertura do Mundial.

Prováveis escalações

Brasil: Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar; Hulk, Neymar e Fred. Técnico: Luiz Felipe Scolari

Croácia: Pletikosa; Srna, Corluka, Lovren e Vrsaljko; Rakitic, Modric, Perisic, Kovacic (Brozovic) e Olic; Jelavic. Técnico: Niko Kovac

Local

Estádio Itaquerão, São Paulo

Arbitragem

Yuichi Nishimura (Japão), auxiliado por seus compatriotas Toru Sagara e Toshiyuki Nagi

Destaques

Brasil

Neymar: O garoto prodígio da Vila Belmiro chega a sua primeira Copa do Mundo carregando boa parte das esperanças dos brasileiros. Com apenas 22 anos, o atacante do Barcelona já é o maior artilheiro da Seleção neste século – já são 31 gols, um a mais que o fenômeno Ronaldo. Já são 49 jogos com a "amarelinha", todos como titular.

Croácia

Luka Modric: Contratado pelo Real Madrid por 35 milhões de euros, o volante é a principal figura do meio-campo croata. Na última temporada, com a lesão de Sami Khedira, Modric atuou com frequência como titular ao lado de Xabi Alonso. Com ele no time, os merengues ganharam a Liga dos Campeões e a Copa do Rei deste ano.

Retrospecto

Em dois confrontos com a Croácia, o Brasil venceu um (1 a 0, na Copa de 2006), e o outro terminou empatado (1 a 1, em amistoso em 2005).

Último confronto

No Mundial de 2006, na Alemanha, o Brasil também estreou contra a Croácia. A vitória, por 1 a 0, foi garantida por um belo gol de Kaká, de fora da área.

WM 2006 Spiel Brasilien Kroatien

Em 2006, o Brasil também enfrentou a Croácia na estreia e venceu com um gol de Kaká

Leia mais